Supergirl: eis o porquê da série poder usar o Superman

Muitos boatos a respeito da divisão entre as produções televisivas e cinematográficas da DC indicaram que o pessoal responsável por Arrow e outras séries foram obrigados a matar alguns personagens para que eles tivessem versões no cinema. A atriz Willa Holland, que representa Thea Queen em Arrow, chegou a afirmar que o Esquadrão Suicida da série precisou ser todo morto em benefício da versão cinematográfica do time.

Greg Berlanti, um dos criadores da série, afirmou ontem que não, que a versão da série foi apenas um teste para a versão cinematográfica, já que ele sabia com antecedência, via Geoff Johns (presidente da DC Entertainment), que um filme iria rolar.

De qualquer forma, há pouco tempo foi confirmado que o Superman aparecerá na série da Garota de Aço. O personagem tem aparecido no cinema desde 2013 após o lançamento do filme O Homem de Aço. Nas telonas, o papel ficou com o britânico Henry Cavill; nas telinhas, Tyler Hoechlin, que chegou a ser cogitado para interpretar o Batman nos cinemas em 2013, será o novo Superman.

Tyler Hoechlin no set de Supergirl. Foto obtida por fãs.
Tyler Hoechlin no set de Supergirl. Foto obtida por fãs.

Andrew Kreisberg, produtor de Supergirl e de várias outras séries da DC, conversou com o IGN nesta semana e explicou como foi a negociação para usar o Homem de Aço na TV:

Aposto que o pessoal gostaria de ouvir que, para conseguir isso, fizemos pactos e sacrificamos bodes, mas a verdade é que somos parceiros. Queremos o melhor para nossos produtos, então foi uma negociação fácil. Tínhamos um plano, apresentamos tudo para a Warner Bros. e para a DC e eles nos apoiaram. E nem foi um simples “sim”, foi um “puta merda, precisamos ter o Superman nisso!”, sabe? Tivemos que fazer o melhor roteiro possível, escolher o melhor ator possível, fazer um uniforme bacana. Tudo isso deu dor de cabeça. A parte boa é que todos nós estávamos caminhando para a mesma direção.

Kresiberg também explicou que uma apresentação do Superman não se fez necessária. “Passamos um ano desenvolvendo a Supergirl para que não tivéssemos dúvidas de que ela consegue fazer as coisas sozinha. Portanto, a participação do Superman terá a cara de um crossover entre Flash e Arrow, por exemplo. É uma parceria”. O produtor terminou a entrevista afirmando que uma nova participação do Superman na série dependerá bastante da recepção do público.

Supergirl volta a ser exibido em 10 de outubro nos Estados Unidos.

3 Comentários

Clique para comentar

18 − quinze =

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com