[#5G] Sobre Dan DiDio, 5G e o futuro da DC

Desde que Dan DiDio foi sumariamente demitido da DC no dia 21 do mês passado, há pouco mais de uma semana, os veículos especializados foram bombardeados com suposições e teorias, mas poucas informações concretas sobre a retirada dele da editora e, principalmente, sobre a continuidade ou não de seus planos para 2020 e 2021. Sendo assim, vamos tentar esclarecer algumas coisas e comentar sobre as perspectivas do futuro. Créditos ao Bleeding Cool, que descobriu o 5G e tem coberto a saída de DiDio com bastante afinco.

Primeiramente, entende-se que a Warner Bros., dona da DC há vários anos, apoiou a iniciativa do 5G. Dan DiDio veio com a ideia e os executivos deram total suporte. Porém, foi alegado que DiDio gerencia as pessoas próximo demais, fazendo microgerenciamento criativo e atrapalhando artistas. Isso se repetiu nas primeiras etapas do 5G, o que foi visto como a gota d’água para os executivos da Warner.

Portanto, logo de cara podemos tirar a existência de um novo reboot da lista de motivos para a demissão de DiDio. A única exigência de seus superiores era a de que as coisas acontecessem mais naturalmente, mas DiDio queria algo mais bombástico, e por isso estava trabalhando perto demais de gente que ficou muito incomodada com seus métodos se repetindo mais uma vez. Scott Snyder, que tem grande influência no editorial da DC atualmente, teria sido um deles, mas nada foi confirmado.

Dan DiDio e Jim Lee - separados por uma demissão.
Dan DiDio e Jim Lee – separados por uma demissão.

Com ou sem DiDio, o 5G, ou Generation Five, começa com o Free Comic Book Day, como anunciamos aqui no Terra Zero recentemente. Clique aqui para saber mais. As novas revistas, já com a cronologia se acertando para o que a Warner deseja, começam a ser lançadas nos Estados Unidos em outubro deste ano. Mas fica uma pergunta. Aliás, duas. Primeiro, o que Dan DiDio queria exatamente? Segundo, a DC/Warner, agora apenas com Jim Lee no comando, seguirá tudo que DiDio planejou ou fará mudanças?

Segundo o Bleeding Cool, DiDio queria executar uma iniciativa que significasse “agora tudo importa”. A premissa do esquema de gerações que ele bolou seria fazer com que toda a cronologia de 85 anos da DC valesse de alguma forma. Isto deixaria super-heróis como Batman e Superman um pouco mais velhos do que são atualmente, mas corrigiria uma diversidade grande de coisas na cronologia e a faria a alegria de fãs novos e antigos. Nas palavras de Rich Johnston:

“O plano original, conforme descrito por Dan DiDio na NYCC no ano passado, era reescrever a cronologia do Universo DC, com a Mulher-Maravilha surgindo pela primeira vez na Segunda Guerra Mundial, em vez de cinco anos atrás, e depois viver o século XX, inspirando todos os outros super-heróis da DC.

Conforme revelado pela análise da Bleeding Cool, isso também mostraria Bruce Wayne e Clark Kent nascerem nessa época e os envelheceria significativamente, além de espalhar o que havia sido uma linha do tempo truncada nos Novos 52, ao longo das décadas. Um exemplo das mudanças que isso faria seria dar a cada Robin uma década ou mais com o Batman, antes de seguir em frente. Isso faz parte do mantra “tudo aconteceu, tudo importa” que colocaria tudo publicado na história da DC, em algum lugar, em vez de Crises e reboot anteriores, que eram mais propensos a cortar as coisas. E, espalhado por quatro gerações – com uma nova Quinta Geração, observando o que aconteceu quando os grandes nomes deixaram o cargo e seu legado continua com outros personagens – permitiria que os criadores contassem histórias por toda a vida, como se pode fazer com pessoas como James Bond, Sherlock Holmes ou Robin Hood. A oportunidade de fazer as histórias do primeiro ano e do velho. E depois ir mais além…”

Respondendo a segunda pergunta, as coisas vão mudar. A linha do tempo que DiDio planejou está sendo remodelada neste momento, com um contexto diferente que ainda não foi revelado. A ordem veio de cima, ou seja, dos executivos. Jim Lee provavelmente não terá dedo nisso, cuidando mais de talentos e fazendo suas artes pontuais. Mas só saberemos o que mudou de verdade a partir de maio. Até lá só nos resta especular e ficar ligado nas novidades. Fique conosco no Terra Zero para saber mais sobre o que vem por aí no 5G!

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Secured By miniOrange