A Nova Legião do Mal em arte de Doug Mahnke e Jaime Mendoza.

Scott Snyder: Autor deve ficar por 50 edições na Liga da Justiça

Scott Snyder deve ficar por mais tempo do que as pessoas imaginam na revista da Liga da Justiça. Segundo um tuíte seu no último final de semana, o autor pretende seguir o exemplo de Tom King no Batman e ficar por pelo menos 50 edições no título. Nas palavras dele: “Não estou indo a lugar algum por um booooooooom tempo!”.

O autor chegou recentemente à Liga da Justiça, apesar de tê-la escrito em momentos específicos da sua carreira, com destaque para a saga Metal, finalizada há alguns meses lá fora e iniciada recentemente no Brasil. Contudo, Scott Snyder não está sozinho nesta empreitada: se ele fosse o Batman, James Tynion IV seria seu Dick Grayson. Comparavelmente falando, o autor, que estudou com Snyder e fez parte do programa de formação de novos escritores da DC anos atrás, está graduando e se tornando um Asa Noturna lá dentro.

Capa de Justice League #2, de Scott Snyder, por Jorge Jimenez.
Capa de Justice League #2, de Scott Snyder, por Jorge Jimenez.

Sendo assim, a cada fechamento de arco, Tynion aparece para contar uma história do ponto de vista da Legião do Mal. Conhecido por ser um grupo com alguns dos maiores vilões da DC, eles são fundamentais para esta passagem de Snyder pela Liga. Ele ainda prometeu que Tynion revelará, nestas edições, segredos sobre os planos deles e o que pensam sobre os heróis.

O planejamento deste título, segundo Scott Snyder, é fazer com que cada arco seja autocontido, mas, reunidos, eles culminarão no grande evento prometido pelo escritor para o ano que vem. Maiores detalhes sobre esta misteriosa HQ, portanto, serão revelados na própria revista da Liga.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com