Noite de Trevas – Metal e o impacto no Batman de King

Noite de Trevas – Metal pode ter acabado de começar no Brasil. No entanto, lá fora seus efeitos já são sentidos nas revistas de linha do Batman. Tom King, que está escrevendo o Morcego desde o início do Renascimento, deu a letra. Segundo ele, a saga se encaixa no meio de sua passagem pelo herói. Ou seja, cronologicamente falando ela acabou de acontecer.

O matrimônio que não aconteceu rolou na metade da longa estadia do autor no título, que deve somar 103 edições. Há muito que o Homem-Morcego deve superar a partir de agora.

Batman e Mulher-Gato experimentam suas roupas em arte de Mikel Janín.
Batman e Mulher-Gato experimentam suas roupas em arte de Mikel Janín.

Perguntando por um fã no Twitter sobre onde séries como Noite de Trevas, No Justice e outras se encaixavam, King improvisou uma cronologia para o leitor:

Na minha cabeça, não oficialmente, coloco tudo entre as edições #49 e #50.

É verdade que Metal abriu uma infinifidade de possibilidades a serem exploradas, graças à abertura do Multiverso. Já foi dito que o Batman que Ri vai voltar para lutar contra a Batfamilia. Logo, espera-se que King faça uso dele em algum momento.

O Batman de Tom King retorna em setembro com Matt Wagner na arte. Fiquem ligados no Terra Zero para mais análises de Noite de Trevas – Metal. O segundo texto sai ainda nesta semana!

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com