[#Superman80Anos] Superman e a Animação de Snyder e Timm (com easter eggs completos!)

[Nota: Este artigo integra o Superespecial Superman 80 Anos, que fará parte do site até dezembro deste ano. Acompanhem todos os artigos deste especial clicando aqui! Ele republica, de forma atualizada, uma matéria comentando uma das coisas mais importantes e bacanas feitas com o personagem nos últimos anos. Confiram!]


Em 2013, mesmo ano que em que Homem de Aço saiu, o Superman também estava celebrando seus 75 anos de vida. A fim de não deixar tamanha celebração passar em branco, a Warner deu sinal verde para uma produção sem precedentes no meio super-heroico: os diretores Bruce Timm (famoso por suas animações, principalmente na DC, onde criou o DCAU) e Zack Snyder (na época o grande arquiteto do que viria a ser o chamado DCEU) uniram esforços e combinaram seus estilos para criarem um curta-metragem que homenageasse o ícone que é o Superman.

Assim como a história do personagem, a animação começa em Action Comics #1, passando em seguida por alguns dos mais importantes momentos da carreira do Azulão. Na época, a animação foi pensada como um extra exclusivo para o blu-ray do filme recém lançado. Todavia, motivados pela qualidade do material e a atenção que ele iria atrair, os executivos da Warner liberaram a publicação online do vídeo, que viralizou rapidamente.

SUPERMAN

À época, Timm contou à Entertainment Weekly que a ideia original do curta era começar com o Superman de Jerry Siegel e Joe Shuster e terminar com Henry Cavill, a mais nova recente encarnação do personagem em carne e osso. A iniciativa, segundo Timm, foi de Snyder, que anteriormente fora convidado para criar um curta a ser exibido no extinto programa DC Nation. Foi então que a história começou a crescer e algo único foi ganhando forma, se transformando na animação composta por segmentos que referenciam momentos clássicos do personagem e de seus coadjuvantes em todas as mídias possíveis – até na arte de Andy Warhol!

Infelizmente, nem tudo ficou no corte final, com referências a Kirk Alyn, Brandon Routh e Dean Cain ficando de fora, assim como o programa do Superboy feito no final dos anos 1980. Por outro lado, há alguns easter-eggs bem bacanas ali, como Jimmy Olsen em sua versão ‘turtle man’ e outras coisas.

Como relembrar é viver, chega de falar e vamos a esta bela homenagem ao Homem de Aço:

Agora vamos conferir tudo que aparece animação, com agradecimentos especiais ao pessoal do THR:

0:09: A capa de Action Comics #1, de 1938. Tudo começa aqui;

0:12: O uniforme do Superman sobre uma pequena mudança. Aqui o herói pula “mais alto que um prédio”, afinal, ele ainda não podia voar na época. O prédio, claro, é o do Planeta Diário;

0:23: Superman é brevemente transformado na versão animada dos irmãos Fleisher, dos anos 1940;

0:29: A primeira aparição de Lex Luthor em Action Comics #47, na arte Wayne Boring;

0:31: Em preto-e-branco está a homenagem ao grande George Reeves, o primeiro Superman de carne e osso a realmente atingir a emoção das massas, estrelando uma série de TV exibida entre 1952 e 1958;

0:38: O sucesso do Superman gerou outras revistas. Esta é a capa de Superman’s Pal, Jimmy Olsen #53, que contém uma louca história em que Jimmy se torna o Turtle Man. Coisas da Era de Prata. A arte no estilo de Curt Swan é a cereja do bolo;

0:41: Logo em seguida vemos Brainiac e a cidade engarrafada de Kandor aos seus pés. A luta é uma homenagem à capa de Action Comics #242, também de Swan;

0:44: Bizarro! Além disso, a Fortaleza da Solidão, com chave gigante e tudo;

0:50: A Família Superman (ou Superfamília)! A Supergirl está com a cor errada de saia, já que na época ela era azul. Aqui também estão o gato Raiado, Krypto e Beppo;

0:51: Sr. Mxyzptlk, o ser da Quinta Dimensão que vive atazanando a vida do Homem de Aço quando vem para a Terra;

0:55: Clark Kent e, aparentemente, Lois Lane, observando uma galera de arte com obras de Andy Warhol, que usou imagens do Superman em alguns de seus trabalhos. Há também um vislumbre de Superman’s Girlfriend, Lois Lane #106, que contém uma história em que a protagonista usa tecnologia kryptoniana para se tornar afro-americana por 24 horas O_O!

0:57: O clássico desenho animados Superamigos, na arte de Alex Toth;

0:59: Superman em um dos seus maiores momentos: enfrentando Muhammad Ali, na arte de Adams;

1:03: Christopher Reeve, porra!;

1:09: O jogo do Superman feito para Atari – os caras foram longe!;

1:12: Pulando completamente a década de 1980, a animação vai direto para a Morte do Superman, com os designs de Dan Jurgens e Brett Breeding;

1:16: A capa de Superman #75, na qual o herói morre, mostra os quatro candidatos a substituos que surgiram nos quadrinhos na época: Superboy (um clone feito do DNA de Superman e Lex Luthor), o Erradicador (artefato kryptoniano que ganhou consciência de si mesmo e um corpo), John Henry Irons, o Aço (um herói inspirado no Superman) e Hank Henshaw, o Superman Ciborgue, que se torna um grande vilão do Superman e de outros heróis da DC, especialmente após entrar para a Tropa Sinestro. Em seguida, entra a música de Hans Zimmer, substituindo a trilha clássica de John Williams;

1:19: De volta dos mortos, o Superman de roupa preta, que chegou a usar trabucos no gibi – e mullets. Em seguida, a divisão vermelha e azul dele, que não deu muito certo…;

1:22: O venerado desenho animado de Bruce Timm, Superman: The Animated Series;

1:27: A caixa d’água da série de TV Smallville aparece ao fundo, enquanto o Superman de Alex Ross, usado na história Reino do Amanhã, faz sua gloriosa aparição;

1:32: De um Tubo de Explosão sai o Superman dos Novos 52, enfrentando Darkseid, assim como na HQ da Liga da Justiça de Geoff Johns e Jim Lee;

1:37: O Superman dos Novos 52 torna-se Henry Cavill, atual Homem de Aço dos cinemas – pelo menos por enquanto;

1:40: Por fim, o herói voa até seu logo de Aniversário de 75 Anos.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com