Marvel Knights: Selo fundamental celebra 20 anos com graphic novel

Foi pouco depois de a Marvel declarar falência perante o governo dos Estados Unidos que o selo de publicações Marvel Knights foi fundado. Por trás dele estavam artistas já renomados naquela época: Joe Quesada e Jimmy Palmiotti, principalmente. O que aconteceu é que Quesada tinha a Event Comics e, bem-quisto na indústria, foi contratado pela Casa das Ideias para editorar uma nova linha de publicações.

Nela, heróis considerados menores diante dos grandes pilares da editora ganhariam novas roupagens, com histórias fechadas produzidas por nomes gigantescos do meio, suportados por propostas diferenciadas, mais adultas e encorpadas.

Foi assim que surgiram coisas como o Demolidor de Kevin Smith, Quesada e David Mack, o Pantera Negra de Christopher Priest e os Inumanos de Paul Jenkins e Jae Lee, apenas para citar alguns. Apesar das histórias fazerem parte da continuidade normal da Marvel, as liberdades editorial e criativa eram muito maiores. Em 2000, Quesada foi escolhido como editor-chefe da empresa graças à iniciativa.

Um dos marcos do selo Marvel Knights, o Pantera Negra de Christopher Priest será lançado neste formato.
Um dos marcos do selo Marvel Knights, o Pantera Negra de Christopher Priest será lançado neste formato.

Agora em 2018, a Marvel Knights completa duas décadas de vida e um histórico muito acima da média de gibis publicados.

Para agradar os gostos mais diversos a Marvel lançará uma seleção de melhores arcos publicados sob o selo de forma encadernada. E mais: haverá dois volumes omnibus com diversas histórias. Confiram os detalhes abaixo:

Setembro:

DAREDEVIL BY SMITH & QUESADA: GUARDIAN DEVIL TPB
Contendo: Daredevil (1998) 1-8, 1/2

BLACK PANTHER BY PRIEST & TEXEIRA: THE CLIENT TPB
Contendo: Black Panther (1998) 1-5

Outubro:

MARVEL KNIGHTS BY DIXON & BARRETO: DEFENDERS OF THE STREETS TPB
Contendo: Marvel Knights (2000) 1-15

FANTASTIC FOUR BY MORRISON & LEE: 1234 TPB
Contendo: Fantastic Four: 1234 1-4, material from Marvel Knights Double-Shot 2

DAREDEVIL BY BENDIS & MALEEV: UNDERBOSS TPB
Contendo: Daredevil (1998) 26-31

BLACK WIDOW BY GRAYSON & RUCKA: THE COMPLETE COLLECTION TPB

Novembro:

CAPTAIN AMERICA BY RIEBER & CASSADAY: THE NEW DEAL TPB
Contendo: Captain America (2002) 1-6

MARVEL KNIGHTS BY JOE QUESADA OMNIBUS HC
Contendo: Daredevil (1998) 1-15, 1/2; Daredevil: Father 1-6; Marvel Authentix: Daredevil 1; material from Marvel Knights Double-Shot 1

Dezembro:

PUNISHER BY GARTH ENNIS: THE COMPLETE COLLECTION VOL. 1 TPB
Contendo: Punisher (2000) 1-12, Punisher (2001) 1-5, Punisher Kills the Marvel Universe

MARVEL BOY BY MORRISON & JONES TPB
Contendo: Marvel Boy 1-6

DAREDEVIL: MARVEL KNIGHTS by BENDIS, GALE & JENKINS TPB
Contendo: Daredevil/Spider-Man #1-4 & one-shot, Daredevil: Ninja #1-3, Daredevil (1998) #20-25

DAREDEVIL BY MACK & QUESADA: PARTS OF A HOLE TPB
Contendo: Daredevil (1998) 9-15

JEPH LOEB & TIM SALE: YELLOW, BLUE, GRAY & WHITE OMNIBUS HC
Contendo: Daredevil: Yellow 1-6, Spider-Man: Blue 1-6, Hulk: Gray 1-6, Captain America: White 0-5

É interessantíssimo de se notar a escalada de Marvel Knights de um laboratório de ideias inovadoras para uma marca comprovadora de qualidade. Enquanto boa parte do mercado sofria para emplacar seus principais personagens nas revistas dos anos 1990, tanto DC como Marvel foram pelas beiradas e deram liberdade a criadores para trabalharem em personagens às vezes até inusitados. Contudo, Marvel Knights se tornou um marco justamente por crescer de forma mais orgânica e coesa, com apostas altas que raramente deram errado.

Eventualmente o selo foi responsável por dar vida a outras divisões da Marvel, como MAX (para adultos) e Icon (independente, estilo Image). Aliás, ela própria passou por uma transformação nos anos 2010, sumindo e aparecendo dependendo do projeto. Mas a verdade é que os primeiros anos da Marvel Knights são fundamentais para se entender como foi a revolução dos quadrinhos na virada do milênio. A comemoração não poderia ser mais válida.