Não, Matt Reeves não saiu e Lanterna Verde vai acontecer – mas isso importa?

Sim, o filme da Tropa dos Lanternas Verdes vai acontecer. O diretor Christopher McQuarrie está sendo abordado pela Warner há alguns dias, levantando até a possibilidade de que Tom Cruise, seu colaborador de longa data, interprete Hal Jordan. Isso porque Cruise e McQuarrie têm um histórico grande e a Warner revelou que está procurando um homem caucasiano com 40 e poucos ou 50 anos de idade para viver o primeiro guerreiro esmeralda da Terra. Sua função no filme? Treinar um jovem John Stewart.

Mas calma. Tudo isso são negociações. O que se sabe de verdade é que esta é a sinopse do longa e que David S. Goyer, seu roteirista, continua envolvido na coisa toda. Agora vamos voltar ao passado e entender melhor por que isso talvez não signifique muita coisa – talvez não signifique nada.

Ano passado fomos surpreendidos pelo fato de que muitos veículos jornalísticos (despreparados) divulgaram o filme da Mulher-Maravilha como sendo mais um grande triunfo da Marvel. É compreensível que esse tipo de confusão ainda exista. Além de a Disney ter conseguido estabelecer muito bem a marca da Marvel como parâmetro para tudo que é relacionado a super-heróis no cinema, a Warner/DC não conseguiu reverter isso com seus filmes, especialmente porque o longa da amazona é seu único triunfo até agora.

Mas as coisas nem sempre foram assim. Houve uma época em que muita gente estava empolgada para ver um filme do Batman estrelado e dirigido por Ben Affleck. As notícias de que ele faria The Batman com Geoff Johns, o presidente e diretor-criativo da DC Entertainment, surgiram em 2015, pouco menos de um ano antes do lançamento de Batman vs Superman – A Origem da Justiça.

Foto promocional de Batman vs Superman.
Foto promocional de Batman vs Superman.

O passar dos meses, contudo, provaram que nem a Warner e nem Affleck estavam preparados para a antecipação disso; meses após o fracasso de BvS e de seu novo filme autoral, A Lei da Noite, além das recaídas no vício em alcoolismo, Affleck deixou a cadeira de direção e a Warner contratou Matt Reeves (de Cloverfield e da franquia Planeta dos Macacos) para substituí-lo. O roteiro que Affleck e Johns fizeram foi rasgado; Reeves quis começar do zero, fazendo até surgirem boatos de que Affleck nem seja mais o astro de The Batman. Até agora isso não está confirmado.

As maiores suspeitas apontam para o fato de que Affleck deve se despedir do papel em Flashpoint (que finalmente parece acontecer, já que os diretores John Francis Daley e Jonathan Goldstein indicaram no final de semana que fecharam contrato com a Warner para dirigi-lo), o filme do Flash que apertará o botão reset nesse universo da DC nos cinemas e apresentará outro ator para viver o Homem-Morcego, deixando o velho e amargo Batman que Affleck viveu principalmente em BvS, aposentado – ou talvez até morto.

Seja como for, o início de 2018 já trouxe diversos rumores sobre Affleck, Batman e Matt Reeves, mas nada disso é concreto até agora. A não ser pelo fato de que o diretor tomou o Twitter no final da semana passada para afirmar que não, ele não está saindo da cadeira de diretor de The Batman, mesmo que esteja longe de completar o roteiro do longa, deixando indefinida a data de seu lançamento.

Montagem do diretor Matt Reeves com o Batman de Ben Affleck.
Montagem do diretor Matt Reeves com o Batman de Ben Affleck.

Pois bem. Reeves não saiu (ainda). Que bom. Mas isso importa de verdade? Há poucas semanas a Marvel Studios colocou nos cinemas um de seus filmes mais relevantes até agora – e eles não pretendem parar. Aqueles filmes bombásticos e quebradores de barreira entre gênero, arte e reconhecimento que Christopher Nolan fez com o Batman parecem lembranças distantes depois de toda a lambança que a DC fez com seus personagens nas telonas.

Batman vs Superman saiu há quase dois anos e ainda deixa um gosto amargo na boca de boa parte do público. Esquadrão Suicida? Sem chance. O mesmo para a Liga da Justiça. Sobraram Homem de Aço (divisivo) e Mulher-Maravilha. O restante deste universo está andando nu ao vento, sem lenço nem documento.

O aguardado filme da Batgirl com Joss Whedon? Já era, Whedon está fora da Warner, provavelmente recebendo toda a culpa pelo fracasso da Liga (que, na verdade, deveria recair sobre os executivos e suas decisões equivocadas). Asa Noturna? Não é prioridade, e deve sair apenas depois de The Batman. Lobo? Parece que vai, mas Michael Bay está resistente. E as pessoas estão se importando cada vez menos com isso. Pudemos medir isso através das bilheterias de filmes da DC e até de estatísticas do site com coisas relacionadas a filmes da Marvel e da concorrência.

A Tropa dos Lanternas Verdes em arte de Darwyn Cooke.
A Tropa dos Lanternas Verdes em arte de Darwyn Cooke.

São tantas fofocas saindo sobre este universo, cobertas inclusive pela grande imprensa, que as coisas esfriaram para a DC. Ela não conseguiu estabelecer sua marca como a Marvel, como dissemos acima. E lançar filmes fracos não ajuda muito…

O que parece é que a DC está interessada em viver de boatos enquanto não se resolve nos bastidores. É bem verdade que o público está interessado em saber o que virá a seguir com a Mulher-Maravilha, já que seu segundo filme está confirmado para o ano que vem. O povo também quer saber quando verá o primeiro trailer de Aquaman, o único filme da editora a sair em 2018. Mas parece que as coisas pararam por aí. Até o interesse pelo Batman não está tão grande assim. Muito menos pela Liga da Justiça, que falhou miseravelmente nas bilheterias e virou motivo de piadas com seus “efeitos especiais” na boca de Henry Cavill.

Só algo muito grande faria o interesse do público se voltar para a DC novamente, como ele faz para com a Marvel. Algo do nível de Flashpoint mesmo, com os personagens se encontrando em linhas temporais diferentes e fazendo algo incrível para reiniciar a cronologia e injetar sangue novo em seu universo.

Pois enquanto vivermos de afirmações curtas de profissionais que não divulgam nada concreto e de demissões de seus colegas, não teremos mais ânimo nenhum para acompanhar as notícias da DC – elas continuarão nos levando a lugar nenhum.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com