Marvel: conheça os eventos paralelos a Infinity Countdown

Na semana em que Infinity Countdown começa a sair nos EUA (saiba mais sobre ele clicando aqui), também acontece uma série de eventos importantes para o futuro da Marvel e de seu Fresh Start. Alguns dos principais sites de notícias sobre quadrinhos dos Estados Unidos falaram sobre estas mudanças e vamos também falar sobre elas.

Portanto, Zeronauta, muito cuidado, pois, a partir de agora, spoilers!

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Na despedida de Dan Slott, Duende Vermelho faz uma vítima

Após anos escrevendo o Homem-Aranha, o escritor Dan Slott está se despedindo das revistas do personagem. Acompanhado de Stuart Immonen, Wade von Grawbadger, Marte Gracia e Joe Caramagna, ele está escrevendo uma história épica que envolve, entre outros elementos, o Duende Vermelho, que nada mais é que Norman Osborn com o simbionte do Carnificina no corpo.

Buscando eliminar todos que tentam destroná-lo, o vilão precisava enfrentar o Duende Rei, conhecido também como Phil Urich. Lembram-se dele, o sobrinho do jornalista Ben Urich que se tornou Duende Verde nos anos 1990 e teve até revista mensal própria enquanto o teioso passava pela famigerada Saga do Clone? Pois é. Ele passou por um bocado de mudanças, tornando-se o novo Duende Macabro (pô, esse cara é duende, meu!) e trabalhando como câmera no Clarim Diário, mas em um determinado momento sua identidade foi descoberta pelo público.

Arte de Stuart Immonen, Wade von Grawbadger, Marte Gracia e Joe Caramagna.
Arte de Stuart Immonen, Wade von Grawbadger, Marte Gracia e Joe Caramagna.
Arte de Stuart Immonen, Wade von Grawbadger, Marte Gracia e Joe Caramagna.
Arte de Stuart Immonen, Wade von Grawbadger, Marte Gracia e Joe Caramagna.

Na edição de Amazing Spider-Man lançada ontem, Urich confronta seu antigo mentor sem saber que ele está dominado pelo simbionte do Carnificina e, em uma sequência de cenas escura e violenta desenhada por Stuart Immonen, Phil tem seu coração arrancado por Orborn. Esta promete ser só a primeira morte do arco de histórias Go Down Swinging, a despedida de Slott do Aranha.

Groot passa por sua maior mudança em muitos anos

Quando Groot apareceu, ele tinha uma aparência bem diferente da amável figura que ele ostenta hoje em dia. Na verdade, ele já foi muito tagarela – e não, ele não ficava falando “I am Groot” para tudo e todos. As coisas eram bem diferentes no passado.

E então ficaram assim:

A partir dos eventos de Infinity Countdown, o querido personagem passou por sua maior mudança em muito tempo. Como se sabe, ele “morreu” e “voltou” muitas vezes, tendo perdido sua habilidade de falar normalmente há algum tempo, e fazendo com que quem o ouvisse não conseguisse interpretar os detalhes mínimos de sua fala, entendendo apenas “Eu sou Groot”.

Arte de Aaron Kuder.
Arte de Aaron Kuder.

Desta vez, contudo, Groot está voltou adulto e capaz de falar! Por outro lado, o Homem-Coisa, em Doctor Strange Damnation #2 entrou pelo cano…

Ela está de volta. Em Madripoor

As imagens falam por si só:

(Com informações do CBR e do Bleeding Cool)

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com