Diane Nelson: Presidente da DC Entertainment se licencia por tempo indeterminado

Em uma atitude bastante inesperada, Diane Nelson (presidente do grupo DC Entertainment) está tirando uma licença por tempo indeterminado da empresa. Ela assumiu esse posto em 2009, quando o DCE foi instituído e Dan DiDio e Jim Lee foram galgados ao cargo de publishers, em uma iniciativa que também marcou o fim do selo Wildstorm pouco tempo depois.

Diane Nelson esteve por trás de todas as iniciativas editoriais tomadas pela DC desde então, além de servir de ponte entre a editora e as divisões televisiva e cinematográfica da Warner, ao lado de Geoff Johns. Portanto, um anúncio abrupto como esse, dado ontem durante o dia, está causando bastante estranheza na indústria, que ainda não tem certeza sobre o que aconteceu com a executiva.

Dan DiDio (esq), Diane Nelson e Jim Lee (dir).
Dan DiDio (esq), Diane Nelson e Jim Lee (dir).

Kevin Tsujihara, que é presidente do Conselho de Administração da Warner, lançou um memorando a todos os funcionários do conglomerado nesta última segunda-feira:

Queridos colegas:

Diane Nelson, presidente da DC Entertainment e presidente da Warner Bros. Consumer Products, decidiu tirar uma folga a partir desta segunda-feira, 2 de abril. Depois de 22 anos na empresa, ela quer se recarregar, além de ter um tempo imediato e ininterrupto com sua família. Esta é a sua decisão e toda a equipe de gerenciamento sênior e eu a apoiamos e ajudaremos a facilitar isso da seguinte maneira:

– A equipe de gerenciamento executivo da DC se reportará a Thomas Gewecke (diretor digital e vice-presidente executivo de estratégia e desenvolvimento de negócios)

– Pam Lifford se reportará a mim neste ínterim

– Diane continua a ser um membro importante da família Warner Bros. Ela trabalhou em muitas de nossas propriedades mais emblemáticas e contribuiu muito para o sucesso da empresa. Esperamos que ela volte ao estúdio

Enquanto isso, não hesite em entrar em contato com sua equipe de gerenciamento, Thomas ou comigo, se tiver alguma dúvida.

Obrigado pelo seu apoio e compromisso contínuo com a excelência em tudo o que fazemos.

Cumprimentos,

Kevin.

O time de executivos da DC será reforçado por Thomas Gewecke (chefe de conteúdo digital e desenvolvimento de negócios), que ainda tem DiDio, Lee, Johns e Amit Desai.

Essa nota leva a imprensa a concluir, em um primeiro momento, que Diane Nelson tirou essa licença para cuidar de problemas pessoais, possivelmente com sua família. Não dá para saber se a partir disso ela será solicitada a procurar um outro trabalho (já que muita da cobrança dos sucessos e fracassos da DC nos últimos dez anos recaem sobre ela e, recentemente, vimos que a indústria está em recessão) ou se voltará mesmo a empresa, como o memorando de Tsujihara sugere. Enquanto isso, os fãs podem esperar algumas mudanças de gerenciamento e direcionamento na editora a partir de agora.