Marvel: Editor-chefe C.B. Cebulski admite ter usado pseudônimo asiático

O recém promovido editor- chefe da Marvel, C.B. Cebulski admitiu esta semana para a imprensa especializada que, durante os anos de 2004 e 2005, utilizou o pseudônimo Akira Yoshida para escrever histórias para a editora.

Os primeiros trabalhos sob o nome Yoshida foram publicados em antologias da Dark Horse. No entanto, sua estreia na Marvel se deu em uma minissérie de Elektra em 2004.

Deste ponto em diante, Cebulski usou o pseudônimo para escrever histórias como Thor: Filho de AsgardWolverine: Soultaker e a revista periódica derivada da famosa saga, Era do ApocalipseO último trabalho de Cebulski como Yoshida foi uma minissérie de Kitty Pride publicada em 2005.

A época, a contratação de Yoshida pela Marvel foi teorizada como a de um escritor sob pseudônimo. Porém, a teoria foi desmentida pelo editora Mike Marts (hoje na Aftershock) aos veículos da mídia de quadrinhos. Em declarações, Marts afirmava ter almoçado com o tal Yoshida.

Cebulski, na época, inclusive concedeu entrevistas sob o pseudônimo e relatava uma história de início de carreira que começava em pequenas editoras no Japão.

Esta semana, no entanto o editor-chefe finalmente admitiu que usou o nome Akira Yoshida na década passada em entrevista ao Bleeding Cool.

Eu parei de escrever sob o pseudônimo de Akira Yoshida depois de um ano. Não era transparente, mas me ensinou muito sobre escrever, se comunicar e sobre a pressão. Eu era jovem e ingênuo e tinha muito a aprender na época. Mas isso tudo é notícia velha e já lidamos com isso, e agora sou o novo editor-chefe da Marvel, estou virando uma nova página e estou empolgado em compartilhar todas as minhas experiências na editora com os talentos jovens do mundo inteiro.

Apesar de ser estadunidense, Cebulski começou sua carreira editando mangás em distribuidoras de quadrinhos asiáticos em Nova York. Nos últimos 18 meses, o atual editor morou de fato no Japão e é fluente em japonês.

C.B. Cebulski substituiu o editor Axel Alonso, demitido da Marvel sem explicações muito claras e sem anúncio de novos projetos neste mês de novembro.