[#NYCC Dia 2] Marvel faz parceria com fabricante de armas e a cancela no meio do evento

Por essa ninguém esperava. Na sexta a Marvel anunciou que estava fazendo uma parceria com a Northrop Grumman, uma das maiores fabricantes de armas do mundo, com receita anual de cerca de 20 bilhões de dólares. Extremamente inédita na área de quadrinhos, este tipo de parceria teria como objetivo divulgar o programa STEM (Science, Technology, Engineering and Math; Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática). Contudo, muito mal recebida pelos fãs e pela indústria, a união acabou antes mesmo de começar.

Havia até um evento marcado para o último sábado, a acontecer no estande da Marvel na NYCC, mas ele foi completamente cancelado, embora a editora em si não tenha lançado na imprensa um comunicado oficial dando todas as razões do cancelamento.

Capa do quadrinho que marcaria a parceria entre a Marvel e a empresa de armas.
Capa do quadrinho que marcaria a parceria entre a Marvel e a empresa de armas.

Segundo a editora, porém, em uma explicação rápida, “a apresentação da Marvel com a Northrop Grumman na New York Comic Con teria como foco a tecnologia aeroespacial e na exploração positiva. No entanto, como o espírito dessa intenção se dissipou, não seguiremos com a parceria, incluindo a programação do fim de semana. A Marvel e Northrop Grumman continuam empenhados em apresentar o STEM a uma ampla audiência.”

A intenção do quadrinho, que seria escrito por Fabian Nicieza e desenhado por Sean Chen, era promover o STEM, mas o fato de que ele foi desenvolvido em cooperação com a Northrop Grumman pegou muito mal com os fãs. Sim, é verdade que a companhia tem em sua cartela de produtos uma variedade de empreendimentos científicos, incluindo a exploração espacial, mas ela é mais conhecida desenvolver armamento.

Em 2013, o jornal USA Today colocou a empresa em sexto lugar na lista das 10 maiores empresas que mais se beneficiaram com a guerra, o que diz muita coisa. Naquele ano, estimou-se que ela tinha obtido um lucro de US$ 2,1 bilhões nas guerra dos Estados Unidos no exterior.

Seja como for, o quadrinho, que mostraria os Vingadores com um novo grupo de batedores chamado NGENs. Sua sinopse dizia:

Quando o Red Ronin emerge do Hudson, os Vingadores se reúnem para impedir sua marcha destrutiva em direção a Nova York. Mas quando o gigante mecânico prova ser uma combinação tecnológica incrivelmente avançada, eles pedem ajuda de um novo supergrupo. Northrop Grumman Elite Nexus é uma equipe de cientistas que se especializam em aventuras inovadoras. O novo esquadrão de batedores, conhecido como N.G.E.N., corre para ajudar os Vingadores neste missão. Mas quem poderia estar por trás do misterioso ataque do Red Ronin?

A Marvel não é nova em fazer parcerias, tendo publicado, há anos, quadrinhos em conjunto com uma variedade de empresas, incluindo ESPN, Visa e NBA, bem como títulos dedicados a questões como bullying, mentoria e nutrição. É estranho que eles tenham partido para esse lado com o novo projeto, mas parece que nada disso vai mais acontecer.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com