Mouse Guard pode virar filme com diretor de Maze Runner

Está aí algo que demorou para acontecer. Finalmente o quadrinho independente Mouse Guard, de David Petersen, deve se tornar filme. A informação veio do Deadline, no último final de semana, sendo replicada por outros sites de cultura pop pelo mundo. No Brasil, a primeira fase da HQ foi lançada pela Conrad sob o título de Pequenos Guardiões, mas está fora de catálogo há alguns anos.

Mouse Guard conta a história de um mundo em que ratos sencientes vivem na era medieval, em paralelo com a evolução humana, com a diferença de que nossa raça não existe lá. Suas histórias são influenciadas pela literatura tida como medieval, ou de “espada & magia”, se preferirem, com toques de Senhor dos Anéis e Conan, mas sem perder a pureza e inocência do antropoformismo desses ratinhos maravilhosos.

Mouse Guard em arte de David Petersen, seu criador.
Mouse Guard em arte de David Petersen, seu criador.

Segundo a nota divulgada pelo Deadline, a Fox quer o quadrinho (que já até virou jogo de tabuleiro e de RPG) ganhe um filme dirigido por Wes Ball, de Maze Runner. Aliás, o próximo longa do diretor é justamente o último desta série, intitulado Maze Runner: A Cura Mortal e agendado para sair em janeiro de 2018, deixando-o livre para investir nesta adaptação quadrinística.

Conversas sobre um filme de Mouse Guard circulam por aí desde 2016, até com Matt Reeves, dos últimos Planeta dos Macacos e The Batman, cotado para dirigir, mas só agora as coisas começaram a tomar forma. A ideia, inclusive, é usar a mesma tecnologia de Macacos, com captura de movimentos de atores humanos.

Mouse Guard existe desde 2005, publicada pela independente Archaia Studios, recentemente adquirida pela BOOM! Studios. O projeto cinematográfico, portanto, faz parte de um acordo que a Fox firmou com a BOOM! há algum tempo, para produzir suas propriedades em cinema ou TV.