[Review] Jovens Titãs nº 1, a nova revista mensal da Panini

Um pouco avesso a ver super-heróis muito jovens agindo em um universo em que adultos mandam em tudo, tive a chance de ler a nova revista mensal da DC/Panini, Jovens Titãs. Ela traz consigo a nova mensal Teen Titans, da iniciativa Renascimento, lançada em 2016 lá fora. A proposta, não muito diferente das encarnações anteriores do grupo, é reunir jovens heróis do Universo DC em um grupo como nenhum outro.

Para essa nova revista, a DC selecionou os talentos Benjamin Percy (Arqueiro Verde) e Jonboy Meyers (Supergirl), uma dupla escolhida a dedo pela editora para injetar novidade no grupo. Após os anos clássicos de Marv Wolfman e George Pérez, os Titãs passaram algum tempo sofrendo para conseguir ter boas fases nas revistas. Uma das poucas que deu muito certo foi encabeçada por Geoff Johns, lançada no início até meados dos anos 2000. Mas agora é diferente. Não só a proposta, mas os membros disponíveis também. E não é que deu certo?

Os Jovens TItãs, nova revista mensal da Panini, em arte de Jonboy Meyers.
Os Jovens TItãs, nova revista mensal da Panini, em arte de Jonboy Meyers.

Neste início de primeiro arco, divertidamente intitulado de Damian Sabe o que é Melhor, o filho do Batman une uma equipe formada por ex-membros de formações clássicas do grupo (aparentemente, os Titãs clássicos fazem parte, oficialmente, da nova cronologia). Claro que ele faz isso à sua forma, sequestrando Wally West (o Kid Flash), Estelar, Mutano e Ravena da forma mais bizarra possível. Nem o Batman seria tão cruel (e cômico) como este pentelho. E isso é muito divertido!

Ben Percy apresenta esses Jovens Titãs de forma muito natural e engraçada. Não que a revista seja uma comédia completa. Pela contrário. Ela tem a dose certa de coisas cômicas e dramáticas, mas, dada a natureza dessa galera, jovens cheios de energia e vitalidade, é claro que há algumas piadas muito bem colocadas nos diálogos. Ponto positivo para o prolífico autor, que é acompanhado da arte soberba de Meyers, um desenhista influenciado pelo que há de mais moderno nos quadrinhos estadunidenses, nos mangás e nos desenhos animados. O conjunto que influencia seu trabalho é matador, fazendo de cada página um deleite.

Percy também enxergou algumas novidades nos personagens que outros autores jamais viram. O maior exemplo que pode ser dado sobre a criatividade do autor, bem como de sua capacidade de enxergar coisas que estavam lá e nunca foi notado, foi ter colocado Ravena para observar quadros escondida em um museu de arte na calada da noite. Ela observa a arte para acalmar seus insanos poderes de empatia, absorvendo a calmaria e os múltiplos significados de uma obra de arte. Foi uma baita sacada, pois o autor encontrou uma nova faceta a ser explorada sem que nada inédito precisasse ser inserido na heroína. É como se sempre estivesse lá.

Jovens Titãs nº 1 é uma ótima pedida e um dos melhores títulos do Renascimento até agora. É daquelas que vale acompanhar mês a mês. Mesmo não sendo fã do grupo e da proposta, fui fisgado pela proposta irreverente e inventiva de Percy e Meyers. Não poderiam ter começado melhor.

  • RenatoRodrigues

    Mutano não cresce não?

    • IDRIS ELBA RAMALHO

      Não, assim como o filho do Reed Richards, hahah

      • Luiz Magno

        Mas no caso do Franklin Richards poderiam dizer que os raios cósmicos no dna dos pais afetou o crescimento da criança.

        • IDRIS ELBA RAMALHO

          Aí é verdade.
          Mas se bem que, dá pra dizer a mesma coisa do Mutano. Que os poderes dele retardaram o crescimento. Ainda mais que ele é um transmorfo.

          Isso me lembra Teen Titans Go, em que ele se transmuta em um velhinho, e fica igual ao mestre Yoda.
          Esse desenho é genial!

    • Guylherme Lobo

      Infelizmente ele é o nice guy eterno, não pode crescer

    • Guylherme Lobo

      Eu queria ver ele avançando com seus poderes, descobrindo mais sobre o Vermelho e a sua conexão com os animais, testando os limites das suas transformações (afinal, ele pode se transformar em qualquer animal, inclusive humanos e… aliens? Quem sabe um certo kriptoniano ou um novagenesiano) e voltando a ser um líder como em Titãs da Costa-Oeste

  • Grunge

    achei soh a Estelar deslocada. A unica adulta do grupo. Preferia que ela se juntasse aos Titas mais velhos.

  • Alan Leonardo Rodrigues Leo

    Ainda não tenho essa revista mas vou ter junto com a número 2.

  • Eu vou dar uma chance.
    Depois da decepção daquele Superman escoteiro de volta e com um filho à tira colo, tentei e comprei os dois primeiros números de Superman e Action Comics, mas não é para mim mesmo.
    Desisti.

  • ̲̅L̲̅υ̲̅C̲̅α̲̅ร̲̅ ̶A̶N̶D̶R̶A̶D

    Eu odeio esses novos titans
    A vdd é q a DC estragou o mutano a ravena e a estelar
    Nem deveria ter essa hq deveriam mandar todos pros titans q tem o asa noturna como sempre foi