[Preview] Wonder Woman #26 traz nova equipe criativa

Uma nova fase na vida da Princesa Amazona começa a partir desta quarta-feira (05). Wonder Woman #26 é a primeira edição da revista sem o escritor Greg Rucka desde o início do DC Renascimento, ano passado. O autor saiu do título para cuidar de outros projetos, mas deixou para trás um legado que já é venerado por fãs da heroína. Reforçando sua iniciativa de diversificar não apenas histórias e personagens mas também profissionais escalados, a DC selecionou as quadrinistas Shea Fontana e Mirka Andolfo para cuidar da revista.

Sim, Zeronauta. A DC está colocando um time quase 100% feminino para tomar conta da Mulher-Maravilha pelos próximos meses. Quase porque as capas oficiais serão desenhados por Jesus Merino, veterano desenhista espanhol no mercado estadunidense de quadrinhos.

Wonder Woman #26 por Jesus Merino.
Wonder Woman #26 por Jesus Merino.

Shea Fontana não é nem um pouco mais estranha à Princeza Amazona ou outras personagens da DC. Além de trabalhar com quadrinhos, tendo escrito até uma edição da Liga da Justiça, Shea é roteirista de animações. E estão em seu currículo trabalhos como DC Super Hero Girls e The Nutcracker Sweet.

Mirka Andolfo, que desenhará a revista, é uma fumettista. Sim, caro leitor, Mirka é italiana, mais especificamente napolitana, e está chegando agora ao mercado norte-americano. Muito versátil, ela já trabalhou com artes de Mickey Mouse, Dylan Dog, Jonathan Steele e agora, Mulher-Maravilha. Portanto, a DC está com um time bem versátil para dar seguimento ao que Rucka fez até agora.

A sinopse da revista, que inicia um novo arco, diz:

“Heart of the amazon” parte um! A escrita Shea Fontana chega para uma nova história! A Mulher-Maravilha finalmente tem um momento para respirar e comparecer ao casamento de um amigo… Mas, infelizmente, o horror a seguir até lá!

Apesar de a sinopse oferecer a descrição de uma história que parece mais leve, o título do arco (Coração da amazona) sugere um aprofundamento no que a Mulher-Maravilha carrega dentro de si.

Uma prévia de Wonder Woman #26 pode ser conferida abaixo:

  • Neo

    Achei a arte “mais ou menos”.
    Apesar dessa equipe ser temporária espero que continue no nível do Rucka.

    • Eduardo Faria Guimarães

      Os trabalhos da Shea Fontana que ele trabalhou anteriormente não são muito animadores.

      • Adriano Borges

        Mas ela é mulher, yay! é só isso que importa. Foda-se que ela escreve mal

        • IDRIS ELBA RAMALHO

          ZzzzZZZzz…

        • Júnior Goncalves de Lima

          ainda bem que vai ser só um arco

        • Né?

      • Neo

        Poxa kk

      • Neo

        É questão de costume mesmo. Ter dois artistas excelentes como Liam Sharp e Nicolla Scott e em seguida mudar drasticamente é difícil de acostumar.

  • Gabriel Brasil Picanço

    Pow, não tinha uma mulher que desenhasse melhor não? Parece arte de quadrinhos infantis =/

    • Júnior Goncalves de Lima

      podiam manter a Bilquis, e se fosse pra contratar outra mulher… com certeza tem alguma melhor por ai

      • E se não tiver poderiam contratar até um homem, mas pros SWJs como o Morcelli interessa mais o sexo dos autores do que a competência deles…

    • Por isso tem que colocar o Jesus Merino pra fazer as capas, pra enganar os leitores sobre a arte que tem dentro….

  • Felagund

    Sinceramente, eu acho que o pessoal ta exagerando quanto a arte. Tem artes muitos piores, muito mesmo. Eu até gostei.

    Quanto aos roteiros, eu sou a favor de bons roteiristas trabalhando independente do gênero, porem é inegável que é desproporcional a quantidade de homens em relação às mulheres. O que a gente mais vê é inúmeros roteirista meia boca ganhando inúmeras oportunidades uma atrás da outra.

    Eu acho que tem que dar essa oportunidade a ela sim, quem sabe ela não se sai bem.