[Review] Viúva Negra, de Waid e Samnee

Mark Waid e Chris Samnee se juntam mais uma vez. Agora, para contar a história de Natasha Romanova, mais conhecida como a Viúva Negra.

Nesta trama de espionagem, Waid e Samnee enredam uma teia na qual as palavras se tornam um acessório: apesar de haver falas e conversas — que são bem usadas –, a equipe se vale do silêncio característico da personagem para contar uma história em que a arte se destaca na narrativa, notadamente na primeira parte do álbum.

Samnee sabe usar um roteiro com poucos diálogos para contar uma história, onde se passam páginas inteiras sem uma fala, por meio de cenas de ação, trejeitos dos personagens, olhares e expressões faciais e corporais. Seu trabalho junto do colorista Matt Wilson é extremamente eficiente e sutil, ao contar esta aventura cheia de camadas.

A nossa protagonista não é uma personagem fácil de se trabalhar, devido ao seu passado, sua personalidade e suas motivações. Assim, Waid e Samnee são extremamente felizes no trato da Viúva Negra nesta HQ. Os níveis pessoais da personagem são explorados com muita sutileza, assim como sua história e suas habilidades como uma arma humana.

A trama é uma ótima história de espionagem, onde temos, de um lado, a SHIELD, e, do outro, o Leão Chorão, que contém segredos que induzem Natasha a trair a SHIELD. Mas isto fez ela ir para o lado do Leão? Quando falamos de espionagem e da agente Romanova, as missões nunca são tão simples e sempre há uma esfera a mais, e pontas colocados no caminho.

Algo a se destacar na arte é o quanto dos traços de Scarlett Johansson foram incorporados no quadrinho, por meio de olhares e expressões. Em alguns momentos, parece que você está vendo a personagem do cinema nas páginas.

Waid e Samnee entregam uma história onde a protagonista não se sobrepõe à trama, mas o inverso também não ocorre. A aventura e a protagonista são muito bem equilibrados e esse é o ponto alto da história.

Se você quer ler um bom quadrinho de espionagem e conhecer mais de uma das personagens mais complexas da Marvel, este quadrinho é a história pra você.  Uma história fechada, interessante e bem desenvolvida.

  • adrianocesar21

    um ponto interessante é que eles mexeram em algo lá na Origem da Natasha e qu envolve o homem de Ferro… mesmo lembrando um pouco o que aconteceu em Capitão America: Guerra Civil pode ser usado até nos filmes da Marvel..

  • IDRIS ELBA RAMALHO

    Essa hq é boa demais!
    Mas uma vez o Waid tá mostrando como escrever bem personagens simples e humanos.

    • Moroni Machado

      Elba quando vai sair torre negra?