Greg Rucka deixa título da Mulher Maravilha e nova equipe é anunciada

Greg Rucka encerrou sua segunda passagem pelo título principal da Mulher-Maravilha. O autor anunciou sua decisão em sua página no Tumblr. Conforme o roteirista, “não posso manter o ritmo no título e igualmente cumprir meus compromissos com meus outros colaboradores. É, realmente, tão simples quanto isso”. O arco The Lies / The Truth, comandado por Rucka, encontrará seu fim na edição #25.

Greg Rucka garantiu que ainda mantém projetos com a DC. Ele e Liam Sharp trabalham na série Black Magic. Os outros projetos do autor envolvem uma minissérie de Lazarus, sua série na Image, e o retorno à personagem Lady Sabre e à série Stumptown.

Greg Rucka segurando um exemplar de Lazarus, seu projeto na Image. Foto: arquivo pessoal.

Rucka foi chamado por Geoff Johns para escrever a entrada de Diana na iniciativa Rebirth (Renascimento) no ano passado, repetindo a aclamada passagem que teve no título no início dos anos 2000 – quando deu luz à Hiketeia, uma das mais celebradas histórias da Mulher-Maravilha em todos os tempos. A primeira iniciativa de Rucka foi “desfazer” tudo o que Brian Azzarello fizera no título durante sua passagem no período dos Novos 52, fazendo com que tudo que a personagem tinha passado fosse transformado em uma ilusão – oportunidade para Rucka recontar toda a origem da amazona da maneira que bem entendia.

Mais famosa cena de Hiketeia. Direitos: DC Comics.

A DC não demorou para anunciar a nova equipe criativa do título. De acordo com o Hollywood Reporter, Shea Fontana, roteirista de DC Super Hero Girls, assume as rédeas da Princesa Amazona a partir de julho. A roteirista de animações assinou um contrato para cinco edições da revista quinzenal, que serão desenhadas por Mirka Andolfo (DC Bombshells).

Fique atento ao Terra Zero para mais informações de Mulher-Maravilha e Renascimento.

  • Hugo

    Lamentável

  • Gamer99

    Ninguém fica pra sempre! Boa sorte para a nova equipe!

  • Gilberto Santos Junior

    Esta fase do Greg foi excelente, mas demorou muito num “arco só” (que teve várias ramificações). Que seja bem vinda a nova equipe (mas estou desconfiado)

  • Leandro Banner

    Será que só eu gostei da fase do Brian Azzarello?? Para mim foi uma das pouquíssimas coisas que prestaram nos N52, ao lado de Aquaman de Geoff Johns e Ivan Reis e Flash de Manapul e Buccelato!

    • Daniel Costa

      Eu gostei muito, pena que a fase posterior com o David Finch e sua esposa seja tão ruim,
      espero que o mesmo não se repita agora com essa mudança de equipe.

  • Pedro… de onde cê tirou que Hiketeia é “uma das mais celebradas histórias da Mulher-Maravilha em todos os tempos”?