Wildcats: Warren Ellis confirma volta da equipe

Demorou mas aconteceu: os Wildcats estão de volta. Foi isso que Warren Ellis confirmou em sua newsletter semanal Orbital Operations. Ellis é o arquiteto da reconstrução do Universo WildStorm na DC, patente que assumiu no fim do ano passado reforçando a iniciativa da DC de criar divisões criativas e independentes na editora. Isso pôde ser visto novamente há poucos dias com o anúncio do primeiro grande crossover entre os personagens Looney Tunes com os super-heróis da DC.

Voltando à WildStorm, é importante deixar claro antes de mais nada que Ellis nunca teve chance de escrever os Wildcats em um título próprio. O grupo passou pelas mãos do autor em crossovers, mas não em sua própria revista. Após sua partida da DC em meados da década passada, a esperança de que isso acontecesse morreu. Contudo, o fim da WildStorm anunciado pouco antes de a DC revitalizar todas as suas linhas editoriais com os Novos 52 mostrou que a situação era ainda pior; a WildStorm como todos conheciam foi sucateada. Alguns de seus personagens foram absorvidos pelo Universo DC. O restante ficou abandonado.

Wildcats em arte de Jheremy Raapack, Richard Friend e Wes Hartman.
Wildcats em arte de Jheremy Raapack, Richard Friend e Wes Hartman.

Indícios de que os ventos de mudança estavam chegando começaram ainda em 2011, no fim do ano, com várias dicas sendo fornecidas pela editora indicando o retorno dos Wildcats. Isso foi reforçado no fim do primeiro semestre de 2012, antes de os Novos 52 completarem um ano de vida, mas a realidade é que a DC ficou empurrando a situação. Não por preguiça, mas por necessidade de tempo ou de talentos adequados para um retorno glorioso do time criado por Jim Lee nos anos 1990. Em 2015, quando esteve no Brasil para a CCXP daquele ano, Lee confirmou em seu painel que estava fazendo roteiros e desenhos para o retorno dos Wildcats, mas que seu tempo escasso impedia que uma data fosse anunciada.

Isso tudo é muito interessante, pois, com a confirmação de Ellis de que haverá um novo título da equipe, fica a pergunta: quem serão os responsáveis? O autor declarou apenas que:

Tenho um projeto não anunciado na minha mesa. Dois anunciados, mas não produzidos. Dezoito edições de The Wild Storm para escrever. Escrevi uma bíblia para a segunda revista da WildStorm, Michael Cray, e no verão completarei a bíblia para Wildcats.

Ou seja, além de revelar o que está planejando, Ellis também revelou um pouco sobre seu atual método de trabalho. Ser arquiteto de um universo de tamanho médio requer mesmo que seu responsável faça este tipo de coisa. Bíblia, mapas… Fluxogramas talvez? Seja como for, o autor ainda tem muito trabalho pela frente. E sobre quem fará Wildcats, Jim Lee parece a opção mais óbvia. Ele parece estar se preparando para isso há muito tempo, e os Wildcats são seus filhos. Ele não tem desenhado nada nos últimos tempos, a não ser raras capas variantes de determinadas revistas.

Os WildCATS de Jim Lee.
Os WildCATS de Jim Lee.

Lee é notório por suas artes requisitadas e caríssimas, mas também é um profissional muito articulado no mercado. Sua gestão exemplar da Wildstorm pré-aquisição pela DC fez dele um copublisher da editora em 2009. Se ele voltar a produzir quadrinhos – e isso não é uma previsão do futuro, apenas uma análise lógica –, é natural que seja com os personagens que criou.

Enquanto isso, os fãs podem acompanhar mensalmente The Wild Storm e, em breve, Michael Cray, que, para quem não sabe, é a identidade secreta de Deathblow, outro importante personagem da WildStorm original. E se o terceiro título desta nova linha é Wildcats, fica a dúvida de qual será o quarto comentado por Ellis na newsletter.

Teorias?

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com