Representatividade: Seriados de Manto e Adaga e Raio Negro têm andamento

Felizmente chegamos a uma época em que as emissoras de TV e estúdios de cinema estão se preocupando com a diversidade de seu público, como os recentes anúncios de séries de TV do Raio Negro (DC) e do casal Manto e Adaga (Marvel) podem provar. Se os fãs vivem hoje em uma época jamais imaginada dez anos atrás, as coisas tendem a tomar proporções ainda maiores, pois o desafio das emissoras vive em contante crescimento.

Começando por Manto e Adaga: na manhã da última quarta-feira, a rede de TV Freeform confirmou a contratação de mais seis atores para o elenco da série que leva o título de Cloak & Dagger. Como já era de se imaginar, o seriado é uma reinvenção dos conceitos dos personagens, ainda que alguns de seus elementos mais básicos estejam presentes. Se o programa já contava com Aubrey Joseph e Olivia Holt nos papéis principais, agora seus coadjuvantes começaram a aparecer.

Manto & Adaga estão indo para a TV. Arte de Autumn-Sacura.
Manto & Adaga estão indo para a TV. Arte de Autumn-Sacura.

Miles Mussenden e Gloria Reuben interpretarão, respectivamente, Michael e Adina Johnson, os pais do Manto. Como se sabe, nos quadrinhos as coisas não são bem assim; seus pais eram Otis Johnson e a Sra. Johnson, cujo primeiro nome era misterioso. Segundo as descrições fornecidas pelo canal, a mãe do herói fará de tudo para que ele tenha a vida que merece. Porém, sua superproteção em relação a Tyrone às vezes dará a impressão de que ela se esquece de amá-lo. Michael é o pai trabalhador, que lutará para manter a família salva e feliz.

Mudanças semelhantes acontecerão com Adaga, a começar pelo nome de mãe, vivida por Andrea Roth, que passará a ser Melissa Bowen em vez de Tandy Bowen. Ao contrário da versão original, a mãe da personagem será mais próxima dela, uma eterna otimista que tenta se adapta à sua nova realidade, além de amar muito a filha.

Além dela, também estarão no elenco Carl Lundstedt (namorado da Adaga no começo da série); James Siato (um mentor de Johnson chamado Dr. Bernard Sanjo); J.D. Evermore (o detetive Conners, um homem complexo e cheio de contradições). Ainda não há data de estreia para a série de Manto e Adaga, mas a Freeform já negociou uma temporada inteira com a Marvel.

Raio Negro em arte de Matthew Clark.
Raio Negro em arte de Matthew Clark.

Partindo para o Raio Negro, a série do personagem tinha como objetivo chegar na Fox, mas acabou ficando com a CW mesmo, que já tem vasta experiência com quadrinhos, em especial com o Universo DC. Afinal, nada menos que quatro séries deste universo são exibidas e produzidas por lá: Arrow, The Flash, DC’s Legends of Tomorrow e Supergirl. Se Raio Negro também fará crossovers com esta turma toda ainda é cedo para dizer, mas a produção do programa está indo muito bem, obrigado.

Primeiramente, uma sinopse do programa finalmente foi divulgada:

Black Lightning é centrada na vida de Jefferson Pierce. Ele fez sua escolha: pendurou o uniforme e sua identidade secreta anos atrás, mas com uma filha que é uma estudante genial sendo recrutada por uma gangue local, ele será puxado de volta à luta pela justiça como o vigilante Raio Negro.

Portanto, diferente do programa de Manto e Adaga, Black Lightning lidará com um personagem mais velho, pai de família, um veterano na luta pela justiça. Isso é interessantíssimo, pois, apesar de ambos os canais estarem investindo em produtos que representem melhor os telespectadores negros e femininos, suas abordagens são completamente diferentes. E mais: elas são diferentes das abordagens de séries como Supergirl, Legends of Tomorrow, Jessica Jones e Luke Cage, que também buscaram a representatividade e lidam com temas completamente diferentes. Isso sem falar de linguagem e identidade, já que cada uma tem/terá a sua, aumentando exponencialmente o espectro de opções que os telespectadores terão em breve.

Raio Negro por Matthew Clark.
Raio Negro por Matthew Clark.

Por fim, foram fornecidas as descrições que a CW está procurando para os quatro principais personagens da série: Jefferson Pierce, Jennifer, Anissa e Lynn. Ou seja, com as irmãs Jennifer e Anissa presentes, é possível que os fãs tenham a chance de ver as jovens heroínas Rajada e Tormenta, papéis que elas assumiram mais tarde nos quadrinhos.

Segundo as descrições, tanto Jefferson como Lynn (ex-esposa dele) serão interpretados por atores entre 30 e 50 anos de idade, e ambos devem exalar confiança, carisma e boa aparência; já Jennifer e Anissa serão mais jovens, entre 16 e 22 anos.

Black Lightning também não tem data de estreia, mas não deve demorar para mais anúncios surgirem.

  • Eduardo

    Acendendo velas pra todos os santos de Hollywood por uma série do Meia-Noite, nem que seja pela Hulu.

    • O Gato Socialista

      ah se fosse pela HBO, e tinha que ser Apolo e Meia-Noite.

  • Guylherme Lobo

    Seria sonhar demais se houvesse alguma aparição do Super Choque na série do Raio Negro? Ou pelo menos uma menção?

    Afinal, quem é o super-herói favorito do garoto mesmo?