[Editorial] Ê ô, ê ô, 2017 é o terror!

2017 já começou faz tempo, Zeronauta. E olha que começou com tudo: novidades sobre quadrinhos esperados sendo anunciadas, como Ela, de Luciano Salles, Mensur, de Rafael Coutinho, e O Maestro, O Cuco e A Lenda, de Wagner Willian; o Prêmio Grampo; as estreias televisivas de Riverdale e Legion (quem é que esperava um episódio inicial tão incrível para uma série envolvendo o universo dos X-Men?).

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=bBkn1uwTj5A[/youtube]

Muita, muita água já rolou nos últimos 42 dias. E vai rolar muito mais. Teremos séries novas na tevê, como Punho de Ferro; novidades estrangeiras e nacionais com as quais sequer contamos; grandes eventos de quadrinhos (e pretendemos cobrir, com sorte, boa parte desses eventos in loco); astros e estrelas estrangeiros da Nona Arte que irão pintar pelo Brasil.

E tudo isso é muito bom. 2017 está o terror, no sentido mais carioca da palavra. E isso é bom, muito bom.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=_82qYinU6P0[/youtube]

2016 quis passar o rodo em muita gente, mas a galera ficou dançando lá do lado de fora, só esperando 2017 abrir a porta. Porteira aberta, vamos passar também. Porque a Temporada 2017 do Terra Zero também está o terror, com muitas novidades para vocês.

A novidade mais visível nós fomos implementando para vocês ao longo de nossas férias: o nosso novo visual. O logo do site foi repaginado, bem como toda a experiência visual e de leitura, tanto para favorecer quem ainda tem equipamentos mais antigos com para quem tem os melhores dispositivos portáteis de leitura.

O leitor que não saiu de férias acompanhou as mudanças no ComicPod, agora unificado, bem como as estreias do Perspectivas e da Bolsa Nerd, nossos novos podcasts. Além do esperado retorno do comandante-mor auditivo, Vlad!

Mas isso é apenas uma parte das mudanças. A maior delas é editorial.

A partir de hoje, o Terra Zero muda o modo de lidar com o que chamamos de hot news, ou seja, a reprodução de conteúdo estrangeiro aparentemente urgente. Acreditamos que o leitor de quadrinhos no Brasil é muito bem informado sobre as novidades para termos de dar tudo sobre qualquer coisa das nossas editoras estrangeiras favoritas. Então, a ideia é não nos preocuparmos mais com dar a notícia em primeira mão, mas, sim, em dar a melhor informação sobre assuntos importantes para você. É claro que trailers não podem esperar, por exemplo. Mas são poucas exceções. O mais importante é que você tenha, no Terra Zero, o melhor conteúdo.

Você também notará que restaram poucas colunas no site, especificamente Universo em Crise, Necessaire e Emulador de Críticas. É um movimento que fizemos desde o ano passado, mas que fica mais claro agora. É de se notar que, entre as colunas que se foram, está o Pitaco, na qual todos os colaboradores do site podiam dar a sua opinião sobre um assunto que estivesse em pauta. Isso significa que a opinião deixou de existir no Terra Zero?

Muito ao contrário. A partir de hoje, também estamos abraçando o jornalismo opinativo. Todos os nossos textos passam a ser mais pessoais, mantendo o foco é na informação. É importante salientar isso: o jornalismo opinativo é muito diferente do colunismo, que domina cada vez mais a nova imprensa. Hoje, todo mundo tem opinião sobre todos os assuntos, o que é natural: somos bombardeados sobre todos os tipos de temas, diariamente. Acaba que todo mundo acaba se tornando um colunista, com opiniões nem sempre baseadas em fatos, mas simplesmente em crenças pessoais. Já no modelo que adotaremos, nossa equipe terá a liberdade de ser mais pessoal na abordagem das notícias, sem nunca perder o foco no principal, que é a informação. Isso apenas é possível por termos uma equipe madura e responsável na abordagem dos temas ligados ao mundo dos quadrinhos. Espere, portanto, mais artigos e mais diversidade temática.

Por fim, algo de que falamos aqui, desde o primeiro editorial que escrevi para o Terra Zero:  este é um site que fala sobre todo o escopo de quadrinhos, e cada vez mais, e não apenas de uma editora, como era antes de 2015. Ainda assim, persiste a percepção de que este site dá mais atenção à DC Comics do que a outras editoras. Mesmo sabendo que isso não corresponde à verdade faz tempo, mais um passo será dado no sentido de deixarmos clara a nossa pluralidade: falaremos ainda mais de outras editoras, de outros gêneros que não o super-heroico e, como não poderia deixar de ser, sobre o quadrinho feito no Brasil, com cada vez mais diversidade e qualidade. Não nos esqueceremos nunca da DC, mas cada vez mais haverá equilíbrio.

Você também irá notar que, devido ao nosso conteúdo mais robusto, diminuirá a quantidade de posts diários. Mas serão postagens com melhor qualidade, menos descartáveis. Tudo isso porque acreditamos que você merece um Terra Zero ainda melhor, sempre.

Mas não deixaremos de lado o que os leitores gostam. Vocês podem esperar por novos reviews, jabs, análises e entrevistas com autores nacionais e estrangeiros, inclusive em áudio e vídeo. E a zoeira. A zoeira, você sabe, nunca acaba.

Pois é assim começa a Temporada 2017. Será um grande ano. Quem sabe o melhor de nossas vidas?

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=oiMabwNT0hw[/youtube]

Delfin

Coordenador Editorial

2 Comentários

Clique para comentar

2 + 13 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com