ComicPod #347 – Watchmen no UDC, Opiniões Impopulares e Indicações de férias

What’s up, Comiqueiros! Sejam bem-vindos a mais um ComicPod! Neste episódio, ‘Pab’ Sarmento, Brunão, Erika Atayde, Igor Tavares e o Joá abrem o ano falando sobre o Watchmen e UDC, Twitter e opiniões impopulares e indicam vários quadrinhos para se ler nas férias, aproveitando a lista de promoções da Amazon.

unnamed-1

Ouça o podcast no nosso player ou baixe o arquivo MP3 através do link acima. iTunes Para assinar o ComicPod no seu iTunes basta acessar este link!

Links Comentados

Indicações de compras na Amazon!

Mais promoções lindas da Amazon para o fim de semana do Leitor!!! (clique na imagem!!)

socialmedia1200x1200-_v522080826_

Trilha sonora

APOIEM O TERRA ZERO NO PADRIM!! SUA AJUDA VAI FAZER O PODCAST E OS TEXTOS DO SITE MELHORAREM!

padrim-texto

Ficha técnica:

  • Apresentação: Pablo Sarmento
  • Pauta: Pablo Sarmento
  • Edição de áudio e Trilha: Luis Paulo Silva
  • Vitrine e capa: Bruno Nascimento

Duvidas, sugestões, correções envie para contato@terra0.com.br

Terra Zero e ComicPod nas Redes Sociais:

twitter cpfbt0cpytt0cptwitter t0fbfdatmblrt0

 

  • O Gato Socialista

    já estava mais do que na hora da wtchmen integrar o UDC. que é isso que essa obra é intocável? não é.
    que venha watchmen integrado ao UDC.

    • Eduardo

      Grant Morrison já fez isso em Pax Americana.
      E certamente os WM do Johns serão releituras do original (e DiDio como dr. Manhattan). GJ não deve mexer com o vovô só pra continuar com a piadinha que ele fez em Rebirth.

      • Neo

        “Didio como Dr. Manhattan” kkk. Bem que o Wally falou de “um mundo editado” em Titans #7 kkk.

  • O Gato Socialista

    thanos [e o darkseid pobre, concordo
    e digo mais

    guerras secretas é crise nas infinitas terras da favela

  • Idris Elba Ramalho

    DC sendo mercenária como sempre.
    Engraçado que a DC nos cinemas resolveu adiar o Darkseid por causa do Thanos na Marvel Filmes.

    Recentemente um cara de um podcast inglês foi até a casa do Moore e o cara recebeu ele super bem, bateu maior papo com ele de boas…
    Mas enquanto isso, quem chupa as bolas do Morrison, acha que ele é um babaca.

    • O Gato Socialista

      mercenária?
      cara, não sei até que ponto vc tem ciência disso mas, os personagens são da DC, ela tem o direito legal e bem capitalista, de investir no que é dela. compra que quer.
      e quanto a Moore, ele parou no tempo. sua guerrinha com a DC acabou como? com a editora que ele fundou, a ABC Comics, sendo capitalizada pela DC. agora todos aqueles personagens que ele criou e que por birra não publicou na DC, acabaram na DC de qualquer forma. espero que Promethea faça parte da Liga da Justiça. pronto. quem vai chorar? os fãs? com certeza Moore não chorará, pois fazer mimimi e criar notícias sensacionalistas sobre ele ele sabe fazer, mas nos bastidores leva seu dinheiro da DC de qualquer forma. afinal, quando a DC comprou a ABC, o dinheiro foi pra quem? aí o cara passa anos em briga com DC para no fim ter tudo o que criou nas mãos da DC! se Moore fosse mais honesto voltaria de vez para a DC, pois que ele fez de melhor foi lá: Monstro do Pântano, Watchmen, A Piada Mortal, O Que Aconteceu ao Homem de Aço, Para o Homem Que Tudo, A Linha da Selva e as histórias que escreveu com outros personagens para editora. depois disso, ele fez o quê? Tom Strong ainda é bom. Mas Promethea? é um desperdício de narrativa. a coisa começa boa mas depois temos apenas uma viagem pelos mundos da cabala segundo a sabedoria xamânica de Moore, uma mera obra descritiva, os personagens ficam em segundo plano para dar lugar a uma descrição de um mundo imaginário, me poupe. ainda bem que ele teve editores mais conscientes na DC quando resolveu ampliar o mundo de Watchmen naquelas páginas em preto e branco que terminam todos os números. eu acho que se fosse pela vontade de Moore, ele teria dado mais importância a esses detalhes do mundo de Watchmen (o livro do primeiro coruja, os negócios de veidt e etc.) do que à narrativa dramática e psicológica em si ( e por mais que essas páginas em preto e branco contribuam para um entendimento da trama, o que importa é a trama em si como está nos quadrinhos de cada edição). From Hell? uma pesquisa histórica que termina de forma acanhada, besta, inútil e sem provas históricas! ora, creditar os assassinatos daquelas prostitutas a um culto demoníaco, ao sobrenatural, me economize! precisar de documentos históricos para construir uma narrativa e no fim dizer que se trata de um evento místico! Moore é um gênio na DC! fora dela, e com a ajuda da fama e do nome que construiu graças aos personagens dela, ele é apenas um personagem que ele mesmo criou e que nem desperta tanto interesse assim.

      • Neo

        Eitcha!!

  • toatrasdvcii2

    A galera(alguns leitores) se apega de maneira torta aos materiais escritos, ainda mais os que tem grande relevância, como é o caso de Watchmen. Acho ela uma das obras mais importantes das hqs, em diversos aspectos, e não tenho o mínimo de interesse em ver seu mundo sendo reproduzido ou de alguma maneira utilizado em um universo fora do dele, como é o caso que ocorre na DC atual. Mas isso não quer dizer que a empresa não possa trabalhar dessa maneira, uma vez que o produto(o universo e os personagens de Watchmen são de propriedade da DC). O que eu faço para contornar isso e acompanhar os materiais que me interessam da DC é ignorar esses personagens inseridos e tocar o barco.

    E também tem o lance do Moore: Ele não arruma problema com ninguém, pois ele caga pra isso. As pessoas são muito mais sensíveis nessas questões, que envolvem mexer nas histórias dos autores(como Moore, Gaiman ou Morrison), do que os próprios autores.

    O que me importa na história é a história em si, e não as figuras por trás delas. Mas não que elas não tenham importância, e sim que são somente algo “extra”(ou para um segundo momento de análise) quando comparado ao material que consumo. Por isso não tenho fanatismo com o Morrison, o Gaiman ou o Moore, e sim com as histórias que os mesmos escrevem(quando vejo qualidade naquilo que consumo). Ele são só pessoas, que uma hora ou outra irão(e já fizeram) merda escrevendo.

    Sumarizando: A DC faz o que quiser com seus personagens, assim como nós também lemos e ignoramos ou não o que quisermos nas histórias que lemos. E os autores não são deuses, que nos fazem ter visões ou ouvir uma música mágica quando seus nomes são pronunciados, e sim pessoas, que irão errar.

  • Gilberto Santos Junior

    faltou fazer “hater” do geoff johns^^. Destruiram com as poucas coisas boas dos Novos 52.

  • paulo nogueira

    Quais são as músicas que vocês usaram?