[#NYCC2016] Últimos anos de John Lennon virarão HQ

John Lennon, já um ex-Beatle em 1975, estava no auge de sua fama como artista solo quando se mudou para Nova York. Um dos seus objetivos era criar seus filhos na maior cidade do mundo, mantendo sua carreira no ponto em que estava e ficando por dentro de tudo que acontecia naquele momento. Cinco anos depois, Lennon foi morto na mesma cidade que escolheu para viver, assassinado por um fã.

A graphic novel Lennon adaptará o romance de David Foenkinos para o formato de HQ, com arte preto-e-branco feita pelo artista francês Horne. Eric Cobeyran será responsável pela adaptação de uma obra que pretende contar, de forma biográfica e fictícia, os últimos momentos de uma voz que redefiniu a música no século XX.

Capa de Lennon por Horne.
Capa de Lennon por Horne.

Segundo anúncio oficial da equipe envolvida no quadrinho, o futuro lançamento agendado para maio de 2017 explorará a trajetória pregressa de John Lennon, mostrando a fase da Beatlemania e a chegada de sua carreira solo. Ou seja, ainda que o foco seja a vida do artista em Nova York, sua jornada até lá será fundamental para a história. No livro, Foenkinos narrou tudo na voz do próprio Lennon, com transcrições das sessões do músico com seu terapeuta. Portanto, Lennon (o livro) tem certa aura de autobiografia. O quadrinho terá o mesmo formato.

Capa de uma das edições francesas de Lennon, livro de David Foenkinos.
Capa de uma das edições francesas de Lennon, livro de David Foenkinos.

Esta não é a primeira vez que o riquíssimo universo dos Beatles ganha adaptações biográficas em quadrinhos – e certamente não será a última. O caso mais recente foi a premiada graphic novel O Quinto Beatle – A História de Brian Epstein, de Vivek J. Tiwary, Andrew C. Robinson e Kyle Baker, lançada no Brasil pela Editora Aleph.

1 Comentário

Clique para comentar

dois × 5 =

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com