Morrison: Happy tem piloto encomendado pelo SyFy

Happy é um dos quadrinhos mais acessíveis que o escritor escocês Grant Morrison já fez. A minissérie de quatro edições publicada pela Image em 2012 (e já lançada no Brasil) conta a história de Nick Sax, um ex-policial corrupto que se tornou assassino de aluguel. Certo dia, uma de suas missões dá errado; a polícia, a máfia e um monstruoso assassino de crianças vestido de Papai Noel começam a persegui-lo. A vida de Nick muda completamente no Natal, quando ele recebe a visita de um pequeno unicórnio azul chamado Happy.

O SyFy se interessou pela bem humorada premissa do quadrinho há alguns meses e tratou de começar a trabalhar em uma adaptação da HQ. Mais que isso, o canal envolveu o próprio Morrison no projeto, que está fazendo uma parceria com eles para adaptar outras obras no futuro.

Arte de Happy por Mike Allred.
Arte de Happy por Mike Allred.

De acordo com uma nota divulgada pelo site The Wrap no último final de semana, o SyFy encomendou dois pilotos de séries para sua próxima temporada: o remake de A Máquina do Tempo e Happy. Apesar do envolvimento de Morrison em alguma instância, Brian Taylor será o produtor da série e diretor e escritor do episódio-piloto. A premissa do programa é bem semelhante à do quadrinho, ou seja, o unicórnio colorido estará por lá, em toda sua graça.

Outro projeto de Morrison já confirmado no SyFy é uma adaptação do aclamado romance de Aldous Huxley, Admirável Mundo Novo. Escrita em 1932, a ficção científica explora uma sociedade futurista em que os seres humanos são pré-programas biologicamente para cumprirem determinados papeis na sociedade até o fim da vida, além de serem condicionadas psicologicamente a viverem em castas harmoniosas. Tudo acontece no ano 2.540 em Londres, na Inglaterra.

Admirável Mundo Novo foi adaptado para várias mídias, como cinema, rádio e teatro. Na música, a obra foi direta e indiretamente referenciada em diversas canções, mas, no heavy metal, o livro recebeu sua maior homenagem com o álbum Brave New World, da banda britânica Iron Maiden. Além de estudar diversos conceitos que estão no livro de Huxley, o disco (que não é conceitual) marcou o retorno do vocalista Bruce Dickinson e do guitarrista Adrian Smith à banda, ausentes desde 1993 e 1989, respectivamente. O palco da turnê tinha diversos elementos futuristas.

Ainda não há data de estreia confirmada para Happy ou Admirável Mundo Novo.

3 Comentários

Clique para comentar

um + 2 =

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com