[Universo em Crise] A Primeira Moça-Maravilha (Parte 2)

Céus vermelhos! Personagens esquecidos! Uma viagem ao limbo! Bem-vindo ao Universo em Crise! Hoje teremos a segunda parte da matéria sobre a primeira Moça-Maravilha. Caso você queira ler a parte anterior: Parte 1.


O assunto que abordaremos desta vez é o elenco de apoio criado por Kanigher nessa fase para a Moça-Maravilha:

Mer-Boy

O Mer-Boy foi um adolescente, meio homem e meio peixe, que era apaixonado pela Moça-Maravilha. Ela também caía de amores por ele, embora muitas vezes não quisesse admitir. Sua primeira aparição foi na revista Wonder Woman v1 #107, na terceira história da Moça-Maravilha. Ele tinha cabelo ruivo e seu nome era Ronno.

Arte: Ross Andru
Arte: Ross Andru

Contudo, ele reapareceu em Wonder Woman v1 #111, só que a partir desta história seu nome muda pra Renno e é chamado de “Mer-Boy”. Suas feições mudam, ele passa a ser loiro e suas orelhas ficam parecendo com nadadeiras. E é como se fosse a primeira vez que a Moça-Maravilha o encontrasse (bom, vai ver era outro cara mesmo; é como dizem por aí: todo sereio é igual).

Nesta história, o Mer-Boy convida Diana para dançar com ele numa imensa caverna secreta onde os sereios vivem, denominada Mer-Mundo. Aí, um grupo de centauros marinhos (acredite se quiser!) descobre a entrada para o Mer-Mundo, que é por uma ostra gigante (continue acreditando!), e ataca os Mer-Men. Em Wonder Woman v1 #120, é mostrado que há uma abertura enorme no solo, por onde dá para se ver boa parte do Mer-Mundo; essa entrada para o Mer-Mundo é coberto por uma cúpula de plástico, semelhante à da Atlântida da Era de Prata.

Renno se torna um personagem recorrente nas histórias da Moça-Maravilha, como quando Diana fica salvando o Mer-Boy de várias feras submarinas (Wonder Woman v1 #115), quando a Moça-Maravilha e Mer-Boy passam por muitas confusões porque estão apaixonados (Wonder Woman v1 #116) ou, ainda, quando Mer-Boy faz de tudo pra chamar a atenção da Moça-Maravilha e se mete em muitas situações perigosas por causa disso (Wonder Woman v1 #119).

Em Wonder Woman v1 #118, Steve Trevor vê a Mulher-Maravilha conversando com o Mer-Man, que é o Mer-Boy quando adulto. O Mer-Man conversa com Steve e conta sobre suas peripécias com a Moça-Maravilha quando eles eram jovens, mas aqui o nome do Mer-Man é Manno (mano!!!). E temos histórias da Mulher-Maravilha em que Steve Trevor e Manno ficam disputando o amor da princesa amazona (como a edição #125). Steve Trevor chama a Mulher-Maravilha de anjo, enquanto que o Manno chama ela de (mano!!!!!!) peixe-anjo.

Na Aventura Impossível da Família da Mulher-Maravilha de Wonder Woman v1 #129, aparecem ao mesmo tempo Mer-Man, Mer-Boy e ainda o Mer-Mite, que seria o Mer-Boy quando era da idade da Menina-Maravilha. Porém, a Mulher-Maravilha diz que os 3 sereios são irmãos. E o Mer-Man é chamado de Manno, mas os outros dois são chamados somente de Mer-Boy e Mer-Mite.

Arte: Ross Andru
Arte: Ross Andru

Como eram do sexo masculino, Mer-Man, Mer-Boy e Mer-Mite não podiam pisar na Ilha Paraíso.

Bird-Boy

Em Wonder Woman v1 #144, surge o Bird-Boy. Ele foi até a Ilha Paraíso para convidar a Moça-Maravilha para uma festa. Segundo o Bird-Boy, ele observava a Diana faz tempo, dos céus. A Moça-Maravilha concorda e o Bird-Boy parte, entretanto a Rainha Hipólita lembra sua filha que ela combinou de se encontrar com Mer-Boy no mar. Diana vai para lá e, enquanto está com o Mer-Boy, surge o Bird-Boy. Os dois brigam pela afeição da princesa amazona. Isso inaugura um novo argumento constante nas histórias da Moça-Maravilha: Mer-Boy e Bird-Boy disputando a atenção de Diana.

Arte: Ross Andru
Arte: Ross Andru

Em Wonder Woman v1 #147, Athena transforma a Moça-Maravilha primeiro numa garota alada e, depois, numa sereia. Alada, ela visita Birdland, a cidade do Bird-Boy que fica nas nuvens e na qual todas as casas parecem gaiolas; lá, as refeições muito nutritivas são minhocas e alpiste. Ela informa a Athena que não quer ser uma bird-girl, então é transformada numa sereia, vai visitar o Mer-Mundo e vê que ali também não é seu lugar. Athena a transforma numa amazona de novo. Todavia, Mer-Boy e Bird-Boy ainda continuam apaixonados e decididos a brigar por ela.

Na revista Wonder Woman v1 #154, ocorre a primeira aparição de Bird-Man, a versão adulta do Bird-Boy. Assim como a versão adolescente, o Bird-Man disputa com o Mer-Man a afeição de Diana e também é mais um rival para o Coronel Steve Trevor.

Arte: Ross Andru
Arte: Ross Andru

Tanto o Bird-Boy quanto o Bird-Man não podiam pisar na Ilha Paraíso, mas a sobrevoavam. Um stalker aéreo, deve ser tudo o que uma garota amazona quer da vida, não é mesmo?

Glop

Em Wonder Woman v1 #151, chega Glop. É uma criatura alienígena feita de uma gosma dourada que, quando se move, faz barulhos que soam como “glop”, que consegue digerir qualquer coisa e, depois, pode assumir a forma do que digeriu. Ele se transformou num jato militar, virou um submarino e até uma nuvem de chuva.

Glop apareceu somente em uma história: ele foi o antagonista da Moça-Maravilha em um sonho no qual ela vivia como se fosse a Mulher-Maravilha. Mesmo adolescente, ela trabalhava como Tenente Diana Prince e, ainda assim, o Coronel Steve Trevor também era um adolescente. Só falei sobre ele porque Glop está entre os personagens removidos da existência em Wonder Woman v1 #158.


Esta parte acaba aqui, mas vamos continuar falando sobre a Moça-Maravilha na terceira parte. Aguarde e confira! Porque o próximo assunto é mistério até para o Monitor da Terra-69! O Universo segue em Crise! Até lá, Zeronauta!

7 Comentários

Clique para comentar

dez − 9 =

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com