Mark Millar: mais adaptações do Millarverse

O escocês Mark Millar é um dos autores de quadrinhos com mais adaptações de criações autorais para o cinema. Hoje, parece que isso não vai parar somente em Kick Ass, O procurado, Kingsman e outros já transformados em narrativas audiosivuais.

american-jesus
American Jesus na arte de Peter Gross.

Nesta semana, o Deadline reportou que o roteirista fechou um contrato de uso de imagem com a produtora Waypoint para adaptações de seus títulos American Jesus e Supercrooks.

Sobre as negociações, o roteirista disse ao veículo:

Eu só venho a Los Angeles uma vez por ano e faço todas as reuniões em um pub, durante esse sete dias, em setembro. Na minha última viagem, eu me reuni com esses caras e fiquei impressionado com seus planos e a escala com a qual estão trabalhando. Leinil [Francis Yu, ilustrador] e eu não poderíamos estar mais felizes de ter Supercrooks sendo feito por pessoas tão talentosas. Peter Gross [co-criador de American Jesus] e eu seguramos American Jesus por uns 10 anos até o time certo surgir. E este é o time! O nível de talento que temos por trás das câmeras nos deixou ridiculamente excitados. Os fãs dessas histórias não perdem por esperar.

Super-Crooks
Supercrooks por Leinil Francis Yu

Originalmente publicado com o título Chosen, American Jesus é uma franquia publicada pela Dark Horse em 2004 e renomeada para o atual título ao ser republicada em encadernado pela Top Cow/Image em 2009. A revista conta a história de um pré-adolescente que supostamente é a re-encarnação de Jesus Cristo. Em 2009, Milar anunciou que o diretor Mathew Vaughan (Kingsman e Kick Ass) estaria envolvido em uma adaptação do gibi, mas o projeto foi abortado.

Supercrooks, por sua vez, é um projeto de Millar com o ilustrador Leinil Francis Yu publicado pelo selo Icon da Marvel em 2012 e conta a história de um grupo de supervilões aposentados que retornam à ativa para um último roubo.

Comente

Clique para comentar

onze − dez =

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com