[Jab] Pantera Negra #1, de Ta-Nehisi Coates e Brian Stelfreeze

Em 2016 o Pantera Negra completa 50 anos de criação e é nítido o esforço editorial da Marvel em consolidar a posição de importância do personagem como um dos pesos pesados de seu universo. Tal esforço é motivado logicamente pela política de inclusão étnica e a proposta de diversidade que (felizmente) tomou conta dos quadrinhos mainstream estadunidenses nos últimos anos.

Sendo assim, a empresa dá uma demonstração de ousadia contratando o aclamado novelista e jornalista Ta-Nehise Coates, que se une ao ilustrador Brian Stelfreeze e à colorista veterana Laura Martin, para produzir este novo título de T’Challa neste universo pós-Guerras Secretas.

Pantera Negra 1

Em Black Panther #1 encontramos uma Wakanda a beira de um colapso político. Forças ocultas opositoras ao governo vigente usam o descontentamento da população fomentado por acontecimentos mostrados em sagas como Vingadores vs X-Men e Infinito por exemplo para jogar o povo contra seu rei. Não há tempo para apresentações glamourosas típicas de edições de estreia. O reino de T’Challa vive uma séria crise e o personagem é apresentado apagando “incêndios” ou em cenas que contextualizam a gravidade da situação em Wakanda.

Apesar de ser um experiente escritor, Ta-Nehisi Coates é um novato em roteiros de quadrinhos. Isso dá um sabor muito distinto aos diálogos e ritmo narrativo neste gibi. As vozes de todo elenco têm toques muito característicos da cultura africana, o tom é quase sempre muito grave e sem piadas e não existe gratuidade em momento algum. O roteiro de Coates atende a uma agenda maior a todo momento e o autor consegue apresentar praticamente todo o elenco de maneira satisfatória ao mesmo tempo em que propõe os temas que carregarão o primeiro arco da revista daqui para frente. Com isso, Coates inconscientemente usa sua falta de experiência com roteiros em arte sequencial a seu favor, dando a esta estreia um ritmo muito próprio e uma identidade livre dos vícios narrativos vistos em gibis de super-heróis escritos por autores consagrados.

Pantera Negra 2

A arte de Brian Stelfreeze com colorização de Laura Martin atende perfeitamente a proposta roteirizada por Coates. Somos apresentadas a uma Wakanda (que certamente é a personagem principal do gibi) que é um misto perfeito entre o visual tribal africano e o que há de mais moderno em tecnologia terrena. Isso garante às localidades e cenários uma atmosfera visual quase que alienígena, o que funciona perfeitamente para dar a sensação de um país único em todo o universo Marvel.

O visual do elenco criado por Stelfreeze é estilizado na medida certa, sem exageros. O Pantera tem uma roupagem nobre, limpa e clássica, mas com interessantes sacadas modernas como a fragmentação da máscara quando ela é removida. Além disso, todo o figurino, seja da corte de Wakanda, seja dos trabalhadores nas minas de vibranium ou mesmo dos opositores ao regime de T’Challa, tem uma razão de ser, com uma identidade visual muito específica. São detalhes visuais muito sutis, mas que compõem esse universo de maneira vívida e consistente. Certamente um triunfo visual em termos de estreia sem indulgências estéticas por parte desse time de artistas.

Pantera Negra 3

Este volume de Black Panther foi uma aposta da Marvel desde sua concepção. Qualquer fã da editora e do personagem sabe que T’Challa representa uma franquia que tem dificuldades em vender exemplares há anos, por mais que seja um personagem querido pelos fãs. Ao escalar um autor que é uma enorme força representativa na comunidade afroamericana, mas que tem zero experiência com quadrinhos, a editora se arriscou. O resultado? Uma estreia de um gibi diferente da grande maioria das publicações Marvel vigentes, que ao mesmo tempo em que celebra e reconhece o passado de seu protagonista, o coloca em uma situação nova e extremamente complicada logo em suas primeiras páginas. Com um trabalho de arte que garante a identidade, ambientação e ritmo que o roteiro merece, podemos dizer que Wakanda está em boas mãos em 2016.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com