[#Entrevista] Social Comics confirma entrada nos EUA

Há cerca de uma semana, falamos a respeito da misteriosa página Social Comics USA no Facebook. Após verificar informações, o Terra Zero acreditou estar diante da preparação para a plataforma brasileira de acervo de quadrinhos digitais chegar a consumidores dos Estados Unidos, entrando no maior mercado dessa mídia.

10899971_450288381844066_5034239629544294314_o

Estávamos certos.

Segue abaixo uma breve entrevista com o CEO da Social Comics, João Paulo Sette, e o CMO da empresa, Marcelo Bouhid, que falam sobre as mais recentes iniciativas do serviço e do projeto de ida ao Norte do continente americano. Confira!

Marcelo Bouhid, CMO da Social Comics
Marcelo Bouhid, CMO da Social Comics

Terra Zero – A parceria com o Catarse vem no sentido de somar esforços para financiar novos trabalhos. Os trabalhos a serem financiados no Catarse terão facilidades ou mesmo inclusão automática no catálogo da plataforma?
Marcelo Bouhid: O plano é que a parceria entre Social Comics e Catarse seja a mais simbiótica possível. Isso envolve diversas ações que ainda não anunciamos. Sobre as obras, todos os novos projetos de quadrinhos financiados com sucesso no Catarse terão como recompensa 90 dias gratuitos no Social Comics. Isso não quer dizer necessariamente que a própria obra seja incluída automaticamente na plataforma, deixaremos os artistas livres para decidirem sobre esse ponto.
Já existe uma perspectiva de como funcionará o bônus de três meses de acesso grátis para apoiadores de quadrinhos no Catarse?
MB: Todos os apoiadores de quadrinhos já na base do Catarse receberão, via o próprio mailing do Catarse, um voucher de três meses gratuitos no Social Comics. Obviamente isso vai valer apenas para novos assinantes do Social Comics. Para quem já é assinante, nada muda, mas temos várias surpresas pra eles no futuro.

Esses períodos podem ser maiores ou menores dependendo dos acordos com os proponentes, como os dois meses oferecidos na parte 2 de Os Poucos & Os Amaldiçoados, de Felipe Cagno?

MB: A ideia é mantermos os três meses daqui pra frente. A ação com o Felipe Cagno foi uma das experiências que fizemos antes de iniciar a parceria mais estruturada com o Catarse (que inclusive tem o próprio Felipe como “padrinho”).

Como se dá o papel da Editora Cândido e do Social Comics no selo Pagu Comics e nessa relação com as autoras?

MB: A Editora Cândido e a Ana Recalde farão toda a editoração e curadoria das HQs do selo Pagu Comics.
Como se deu a escolha das autoras para o projeto?
MB: A própria Ana Recalde, com toda a sua experiência, conhecimento e relacionamento no mercado, propôs esses primeiros nomes e nós endossamos. A lista não é fixa, teremos novas integrantes em um futuro próximo.
Há projetos para uma expansão da Pagu após os primeiros lançamentos?
MB: Sem dúvida. Há um plano de 3 anos já estabelecido com a Ana e a Editora Cândido, teremos muitas coisas legais no futuro!
João Paulo Sette, CEO da Social Comics
João Paulo Sette, CEO da Social Comics

Vimos que existe uma página Social Comics USA no Facebook, além de um aparente registro do site socialcomics.us. Aí está o próximo passo? O quanto pode ser dito a respeito dessa entrada no mercado dos EUA, hoje dominado por plataformas como o Comixology, que têm outro modelo de negócios?

João Paulo Sette: Esse é um passo muito importante para nós. Estamos já providenciando todos os detalhes para abrir o mercado no USA. Já temos uma data prevista e vários contratos em andamento. É só questão de tempo. Nosso planejamento era a abertura na América Latina inicialmente, mas tudo caminha pra uma expansão direto pros USA. O mercado americano é muito forte e robusto. Sabemos das dificuldades que vamos enfrentar mas temos certeza que estamos no caminho certo. Em pouco mais de seis meses de existência o Social Comics já conquistou a credibilidade dos principais publishers do mercado internacional, e temos de aproveitar essa vibe, claro que com cautela e dando o passo do tamanho que podemos, mas ao mesmo tempo com muita vontade.

É possível projetar essa data de estreia? Como estão os preparativos?

JPS: A expectativa é até o fim do ano. Estamos no processo de abertura por lá e também fechando as parcerias.

1 Comentário

Clique para comentar

1 × 2 =

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com