Artista Paul Ryan morre aos 66 anos

Faleceu, no último final de semana, o artista Paul Ryan, de 66 anos. O desenhista era conhecido por seus trabalhos na Marvel, DC e, mais recentemente, nas tiras distribuídas internacionalmente pela King Features Syndicate, com as quais trabalhava fazendo toda a arte do Fantasma desde 2007. A notícia foi dada pelo primo de Ryan, Chad Callahan, em sua página no Facebook.

Paul_Ryan

A maior parte de sua carreira se deu na Marvel: entre as décadas de 80 e 90. Ele era o desenhista da fase em que Tom DeFalco assumiu os roteiros do Quarteto Fantástico. Além disso, trabalhou em títulos como Esquadrão Supremo, Vingadores, Vingadores da Costa Oeste, Homem de Ferro, Quasar e Homem-Aranha. Nessa época também desenhava a tira de jornal do Homem-Aranha, roteirizada por Stan Lee.

Em 1996, ele foi para a DC, e trabalhou com a Legião dos Super-Heróis, Superboy, Aquaman, A Sombra do Batman, entre outros. Dentre eles, foi um dos desenhistas da fase em que Grant Morrison e Mark Millar cuidavam dos roteiros do Flash. Ele ainda voltaria à Marvel em 1999 para reatar a parceria com DeFalco no Quarteto. Ele ainda trabalhou em títulos da finada CrossGen durante esse tempo.

Desta época desenhando super-heróis, talvez o maior marco de Paul Ryan tenha sido o de ter participado tanto do casamento de Peter Parker com Mary Jane Watson na Marvel quanto do de Clark Kent e Lois Lane na DC.

Ryan já tinha deixado sua marca e prosseguiu com trabalhos com o Fantasma, o qual desenhou até o final da vida. Após uma passagem pela revista sueca do Fantasma, chamado por lá de Fantomen, ele foi chamado a ser o artista titular das tiras do personagem para distribuição em mais de cem países.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com