[Estação WHIZ] Sr. Malhado (Parte 2)

Olá, Zeronauta! Hoje falaremos mais um pouco sobre o Sr. Malhado. Leia, se preferir, a parte anterior, antes de seguir em frente.


 

Hoje, vamos apresentar a tradução de um artigo falando sobre o Sr. Malhado escrito por John G. Pierce para o Fawcett Companion.

 

“Um dos Personagens Mais Reais a Já Aparecer” – Uma Análise do Sr. Malhado

O Sr. Malhado era bem adequado à mitologia e ao mundo do Capitão Marvel. Um mundo, afinal, que já tinha uma lagarta inteligente e falante. Aqueles que não gostavam do personagem Sr. Malhado – muitos deles são fãs do Capitão Marvel – talvez não tenham lido cuidadosamente as histórias dele, pois elas estão dentre as mais charmosas e divertidas – sem mencionar perspicazes – no cânone inteiro do Capitão Marvel.

Tawky_Tawny_(Earth-S)_001

Veja, Malhado não era somente um tigre falante. Ele era um personagem completamente imbuído de características humanas, incluindo defeitos. Ele foi transformado em celebridade por Hollywood (Captain Marvel Adventures #92), perdeu a fé na humanidade (Captain Marvel Adventures #96), teve mania de perseguição (Captain Marvel Adventures #98), teve devaneios de que era um herói (Captain Marvel Adventures #102), se voltou contra seu herói (Captain Marvel Adventures #113), teve febre por cultura (Captain Marvel Adventures #137), tentou mudar de personalidade (Captain Marvel Adventures #115), procurou a felicidade (Captain Marvel Adventures #117), se engajou numa campanha de vendas (Captain Marvel Adventures #119), teve que fazer uma dieta (Captain Marvel Adventures #121), partiu numa busca pela juventude (Captain Marvel Adventures #131), entrou no negócio de sapatos quicadores (Captain Marvel Adventures #134) e se tornou um eremita (Captain Marvel Adventures #149).

Olhando essa lista, o leitor certamente poderá encontrar pelo menos algumas situações onde alguém poderia se identificar com o Sr. Malhado.

Malhado, às vezes, tinha que aprender algumas duras lições, normalmente com a assistência de seus amigos Capitão Marvel e Billy Batson. Ele era, na verdade, o astro das histórias em que ele aparecia, com o Capitão Marvel sendo mais como um personagem de apoio, não sendo totalmente diferente das histórias de Jimmy Olsen e Lois Lane nos anos 1950 e 60. (É claro, deve ficar constado que o Capitão Marvel nunca praticou truques e trotes cruéis e elaborados com o Malhado do modo que o Superman fazia com seus amigos!)

Figurine

Mas, apesar de tudo isso, o Sr. Malhado permaneceu um indivíduo trabalhador. Suas insatisfações e rosnados ocasionais foram reflexões excelentes de emoções que a maioria das pessoas sentia uma ora ou outra. Se leitores jovens podiam se identificar com Billy Batson, leitores mais velhos – dos quais, reportadamente, existiam muitos – deviam ter sido capazes de se identificar com o Sr. Malhado. Ele era mais totalmente humano, mais completamente realizado, do que muitos dos personagens “humanos” em outras revistas em quadrinhos, e o fato de que ele era um tigre simplesmente adicionava ao encanto, em muito da mesma maneira que o Pato Donald e o Tio Patinhas também são figuras muito humanas cuja humanidade é paradoxalmente mais aceitável porque ocorre deles serem patos antropomórficos.

E mais: se leitores mais velhos podiam enxergar a si mesmos refletidos, os mais jovens podiam assimilar boa moral e bons valores sociais entregues na forma de aventuras divertidas acontecendo para personagens exaustivamente simpáticos. Irreal? Nada disso. O Sr. Malhado, do seu próprio jeito, foi um dos personagens mais reais a já aparecer nas histórias em quadrinhos.

tawny


 

Meu caro leitor, tentamos mostrar todas as versões do Sr. Malhado nos quadrinhos e em outras mídias, mas deixamos passar duas delas.

O Sr. Malhado também apareceu na famigerada saga Flashpoint, chamada de Ponto de Ignição no Brasil. Lá ele era um tigre de estimação dos garotos que se uniam pra se transformar no Capitão Trovão. Quando eles se tornavam a versão do Capitão Marvel dessa realidade, o raio também transformava o Sr. Malhado, ele ficava maior, com dentes enormes e uma armadura dourada que nos fazia lembrar do Gato Guerreiro do desenho do He-Man.

Outra versão do Sr. Malhado foi mostrada na série Tiny Titans. Sua primeira aparição foi na edição #37, que teve como tema principal a Família Marvel, lá ele era o novo professor de matemática na Sidekick Elementary School e segundo as palavras da Mary Marvel, o tigre falante era como se fosse um tio de Billy, Freddy e Mary. E ele fez outras aparições, uma delas foi ainda nessa mesma edição, quando ele participou da reunião do clube dos mascotes na casa da árvore dos Titãs. Para participar dessa reunião cada um tinha que levar seu animal de estimação e o Capitão Marvel Jr já leva o Hoppy, o coelho marvel, então a Mary Marvel levou o Sr. Malhado.

O Sr. Malhado é o meu personagem favorito dentre todos os personagens do elenco de apoio da Família Marvel. Um tigre falante bípede que se comporta como um cavalheiro não é algo que se vê todos os dias. E ele teve momentos memoráveis, como em Captain Marvel Adventures #142, quando lutou com um were-tiger para proteger Billy Batson, ou no tie-in Shazam! de Convergência, em que pilotou um avião e foi ajudar a Família Marvel na Gotham do universo Gaslight — e, ainda, em Crise Final, quando ele lutou com Kalibak para ajudar o Freddy Freeman.

Espero que tenha curtido, Zeronauta. Até a próxima!

Hard-Core

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com