Bolsa de apostas. Quem é Zoom?

O mistério sobre a verdadeira identidade do vilão Zoom em The Flash está cada vez mais deixando os fãs do seriado prestes a ter um ataque de nervos por conta da curiosidade a respeito  de quem está sob a máscara. Para isso o Terra Zero lança mão de algumas teorias sobre a nossa mesa de carteado. Estas são nossas cartas na manga.


 

O episodio Earth-2, exibido no dia 09 de fevereiro, explodiu a cabeça de decenautas por  todo o multiverso. Ele abriu uma série de possibilidades incríveis para a interação de todos os personagens da DC espalhados  por diversas mídias. A ideia de que todos convivem num mesmo multiverso abre uma porta de crossovers nunca imaginados. Ou melhor, na cabeças dos fãs  esses crossovers sempre foram desejados.  O Terra Zero já especulou sobre isso em diversos ComicPods e em vários textos.

A temporada começou com a participação de John Constantine em Arrow, citações da existência de vários Batman e Superman em Legends of Tomorrow e deve fechar o ano com o Flash pulando pra dimensão da série da Supergirl. Porém,  o túnel onde se fez a passagem da Terra-1 para a Terra-2 em The Flash é que realmente é a cereja do bolo: não apenas confirma tudo isso como abre espaço para que antigas séries com o personagens da DC também façam parte desse leque de possibilidades, já que vislumbramos o “The Flash” do anos 90 durante a cena.

Extrapolando esse conceito e que embarcamos  uma teoria maluca para o bolsa de apostas.

Já faz um tempo que surgiu o boato  de que o John Wesley Shipp,  o pai de Barry Allen na serie e o Flash dos anos 90, seria o velocista Zoom no seriado.  O rumor ganhou a internet quando alguns fãs notram que a cor dos olhos do vilão Zoom seria a mesma do ator.

Vamos à aposta:

A possibilidade do Henry Allen da Terra-2 ser um vilão e mais que possível, já que contrapartes do Team Flash na Terra-2 se apresentaram como vilões subalternos a Zoom.  Num exercício de especulação, sugiro irmos além. E se o ator que interpreta o vilão for mesmo vivido por John Wesley Shipp,  por que focar no pensamento na solução de que ele é apenas a versão maléfica de Henry Allen? Por que não pensar numa solução mais radical para o problema? E se ele for o Barry Allen da série dos anos 90? Mentes zeronáuticas explodindo agora, hein? Uma espécie de velocista original, que, de tão obcecado pela Força de Aceleração, acabou enlouquecendo em busca de cada vez mais poder, atravessando as barreiras do multiverso em busca de velocidades nunca antes alcançadas.

O encontro entre os protagonistas das duas séries pode ser dado como certo, depois da imagem do seriado dos anos de 1990 ser vista na passagem entre as duas dimensões. Seriam os produtores dá serie ousados o suficiente pra tecer uma trama como a escrita por Alan Moore para o personagem Kid Miraclaman em Miracleman?

 

MIRACLEMAN-3

As cartas estão dispostas sobre a mesa. Cabe ao Zeronauta escolher qual das apostas melhor lhe convêm. Assim como retirar novas cartas da manga e fazer novos lances sobre a mesa.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com