Superman de John Romita Jr.

DC: DiDio e Lee desmentem retorno ao estilo Novos 52

Na última semana, uma série de rumores davam conta de que a DC Comics iria refrear a “Batgirlização” de sua linha editorial no DCYou, que começou em junho, logo após Convergence e a mudança da sede da empresa para Burbank, na Califórnia. Os boatos apontavam para uma perda acentuada de arrecadação, vendas baixas de encadernados adaptados, entre outros fatores que seriam responsáveis, por exemplo, por fazer o Superman voltar mais rapidamente a ser o que era antes, com seus poderes e identidade secreta de volta.

Mas não é bem assim: o Los Angeles Daily News foi até a sede da DC conversar com os copublishers Dan DiDio e Jim Lee sobre essas questões. Ambos defenderam o DCYou. DiDio , por exemplo, entende que a proposta da editora deve ser demorada para ser digerida pelos fãs:

Se você está tentando construir um novo público, uma nova base de fãs, você precisa educá-la. Você precisa ir sem pressa. Você precisa aceitar suas derrotas. Mais cedo ou mais tarde, isso vai se firmar e espera-se que sejamos uma liderança no mercado. Neste momento, nosso objetivo é tentar e alimentar a audiência com tantos produtos que sejam tão diferentes quanto possível, para tentar e atrair o público mais abrangente possível.

Dan DiDio e Jim Lee, copublishers da DC. Reprodução.
Dan DiDio e Jim Lee, copublishers da DC. Reprodução.

Lee completou a fala do colega e, por sua vez, apontou as questões dos rumores relacionadas com as adaptações e o ritmo de produção da Warner Bros.:

Nós tivemos alguns sucessos, nós tivemos outras coisas que tiveram performance abaixo da esperada. O que nós fizemos em junho é definitivamente um passo em direção a essa transformação da linha. E eu penso que essa história ainda está sendo escrita.

O que é interessante sobre os super-heróis é que é realmente só um gênero. Dentro dele, você pode contar todo tipo de histórias e isso é realmente um desafio para nós enquanto negócio. Sim, você pode ter todo o espetáculo e a CGI, mas no coração disso, você tem que ter grandes personagens e grandes histórias. Eu penso que, enquanto você tivé-las, você vai capturar a atenção das audiências e você vai capturar suas imaginações e você vai manter este negócio muito saudável e vibrante.

De forma taxativa, isto parece significar que a editora continua na mesma direção que pretendia. Ao mesmo tempo, não há confirmação de perdas ou ganhos – e em quais revistas foram. Os números e projeções no final do calendário de 2015 e final do calendário fiscal 2015-2016, entre abril e maio, devem trazer maiores esclarecimentos sobre a situação financeira da DC Comics.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com