Fomos ao Expo Geek Beta

No dia 21 de junho, aconteceu, no Rio de Janeiro, a primeira edição da Expo Geek Brasil, em um pavilhão do Centro de Convenções SulAmérica. E nós, do Terra Zero, fomos credenciados para cobrir o evento, que nada mais era que uma convenção de anime, que, desde sempre, está agregada à cultura nerd de grande porte. Neste texto, a ideia é se ater a conteúdos específicos da EGB.

A equipe do site chegou por volta de 11h30 da manhã, se preparando para o painel da Panini, que seria apresentado por Beth Kodama, editora do selo Planet Mangá, que estava marcado para 12h30. Beth não chegou a tempo de seu painel, mas acabou falando de seus anúncios em uma mesa posterior. Destes, os mais relevantes eram, claro, relativos aos mangás (um guia de Naruto e um spinoff do anime Attack on Titan, que recentemente estreou no Netflix dos EUA). Em relação a outras linhas de quadrinhos da Panini, ela comentou sobre a publicação de Lições, da série Graphic MSP, sobre a republicação das primeiras edições de Star Wars: Legends (a numeração não será interrompida, de modo similar ao que ocorreu com Fábulas) e sobre o mix de Star Wars da Marvel, que será publicado no segundo semestre, contendo Darth Vader e Princess Leia. Não foi comentado se serão só essas duas revistas no mix ou mais títulos o complementarão.

Com uma hora de atraso, começava o painel Superequívocos, com participação dos humoristas e nerds Fernando Caruso, Ulisses Mattos e Rafael Studart. O tema eram os uniformes ridículos dos super-heróis. Facilmente, o ponto alto dos painéis do evento, pelo motivo óbvio: foi hilário. Tudo mais engraçado ainda pelos três serem conhecedores do mundo nerd (Caruso, inclusive, tem uma coluna de recomendações no Abacaxi Voador) e terem uma bagagem grande para falarem do assunto. Ver humoristas profissionais fazendo graça com algo que você conhece é bem legal, na verdade, e poderia acontecer mais vezes se fosse feito com propriedade.

Logo depois, foi o momento do painel A Participação Feminina no Universo Geek, com a participação de Fernando Caruso como anfitrião, Petra Leão (roteirista da Turma da Mônica Jovem), Carol Moreira (Bloco X do OmeleTV) e Beth Kodama como convidadas. Sem dúvida, foi o painel mais importante do evento, mas que estava com um público um pouco menor do que o do painel anterior. A discussão toda foi de altíssimo nível e, novamente, com uma relação de convidados que sabiam do que estavam falando. Além do lado pessoal na questão, todas tinham opiniões bem definidas (por exexemplo, sobre a já famosa capa da Mulher-Aranha de Milo Manara, a nova Thor, a Capitã Marvel etc). Os depoimentos delas deram um toque de realidade à industria com a qual convivemos.

E chegou a vez do painel Multiversos, que, apesar do nome, falava sobre adaptações transmidiáticas. Contou com a participação de Fernando Caruso, Lipe Diaz (desenhista da HQ dos Thundercats e que trabalhou para Marvel/DC), Eduardo Miranda (“O Pai dos Animes no Brasil”, que trabalhou na TV Manchete) e André Gordirro (Jovem Nerd News e escritor de Os Portões do Inferno). Foi um painel interessante, mas, de fato, não foi comentado nada de novo nele. No entanto, foi bastante divertido, certamente graças aos debatedores.

Fernando Ticon, Estevão Ribeiro, Eu e Lipe Diaz.
Fernando Ticon, Estevão Ribeiro, Eu e Lipe Diaz.

Para encerrar, aconteceu o painel Vida de Quadrinista, com a presença de Estevão Ribeiro (Os Passarinhos e Pequenos Heróis) e Lipe Diaz. Por conta dos atrasos acumulados dos painéis, o público estava reduzido e Dico Didiraja, de nossa equipe, foi convidado para integrar o painel, que seguiu sendo apresentado por Fernando Ticon, organizador do evento. Acabou-se debatendo os caminhos indicados (e sugeridos) para quem quer começar a publicar e conhecer quadrinhos mais independentes.

Resumindo, o Expo Geek foi um evento bem divertido que, mesmo não sendo focado diretamente no público de quadrinhos de heróis, ageregou bom conteúdo para ocupar a maior parte do dia. O evento estava com bastante público e a organização conseguiu lidar bem com todas as situações. O próprio organizador chegou a comentar que, na próxima edição, todo o espaço do Centro de Convenções SulAmérica.

Em uma frase? Tinha tudo para ser um domingo chato e entediante, mas foi exatamente o contrário.

1 Comentário

Clique para comentar

1 + onze =

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com