Abril é o mês dos Quadrinhos no Kickstarter

O site de financiamento coletivo Kickstarter no ano de 2015 transformou o mês de abril em um evento especial para os quadrinhos. O portal para projetos financiados via crowdfunding está incentivando os criadores de HQs em um mês totalmente especial chamado Comics Month, com eventos e palestras para os quadrinistas e colaboradores.

O Kickstarter é um site de financiamento coletivo estilo crowdfunding dos Estados Unidos, parecido com o Catarse no Brasil, e considerado o maior do planeta. Dentro dessa plataforma, pessoas buscam apoio para projetos dos mais diversos tipos, passando por tecnologia, arte, moda, teatro, música, filmes, games, vídeos, quadrinhos e outros. A plataforma, no ano de 2014, financiou 22 mil projetos, arrecadou 529 milhões de dólares (sendo nove milhões ligados à área de quadrinhos), com projetos de todo o mundo utilizando o site como vitrine para seus trabalhos.

photo-original

Pelo Kickstarter já passaram nomes conceituados dos quadrinhos: Gail Simone lançou uma HQ independente chamada Leaving Megalopolis junto ao desenhista Jim Calafiore; o desenhista Sean Murphy financiou um artbook pela plataforma; Jimmy Palmiotti e Justin Gray já tiveram quatro projetos financiados pelo site de financiamento coletivo; e o roteirista Greg Rucka publicou de forma física sua webcomic Lady Sabre. Desde a criação do site, este já arrecadou mais de 37 milhões só na área de HQs, financiando 2.716 projetos.

Em fevereiro de 2015, o roteirista brasileiro Felipe Cagno conseguiu financiar a coletânea 3,2,1 Fast Comics pelo Kickstarter. O roteirista foi procurado pelo Terra Zero para falar um pouco sobre como era a experiência na plataforma e quais a similaridades com o Catarse. Ele respondeu:

A experiência foi bem difícil, abrir portas para um novo público foi complicado e, por mais que existam diversas similaridades de plataforma com o Catarse, a maneira de fazer as campanhas são completamente diferentes. Culturalmente, é bem diferente sim.

321

O mês de abril no site se tornou muito especial para os quadrinhistas do mundo, pois o Kickstarter está fazendo um mês voltado para os quadrinhos dentro da plataforma, dando palestras, workshops e dando vitrine a novos artistas que estão aparecendo pelo mundo inteiro. Dentro destes eventos organizados pelo site,ainda  vamos ter alguns explicando como montar o projeto, criação de boas recompensas para os colaboradores e palestras com editores do mercado norte-americano.

O incentivo da plataforma parece ser bastante propicio para os meses seguintes, dentro do cenário dos Estados Unidos. No mês de julho acontece a maior convenção do país, a San Diego Comic-Con, que irá dar abertura de eventos ligados a quadrinhos e cultura pop, culminando com a Nova York Comic-Con em novembro. Esse movimento do Kickstarter faz com que o artista se antecipe para arrecadar os valores necessários para à publicação de seu projeto e lançá-lo em um dos grandes eventos dos EUA. O movimento que acontece no hemisfério norte é bastante similar com o que está começando a se consolidar no Brasil, onde os artistas brasileiros criam campanhas de captação no Catarse, visando lançamento de seus trabalhos em grandes convenções de quadrinhos brasileiras (neste ano, por exemplo, são eventos como ComicCon RS, FIQ e CCXP).

San_Diego_Comic-Con_International_logo.svg

O “Comics Month” dentro do Kickstarter confirma algo de grande importância dentro do atual cenário continental dos quadrinhos. Ele serve como um grande incentivo para os novos artistas buscarem mostrar o seu trabalho e publicarem seu produto para pessoas que estão consumir ideias inovadoras. O movimento que estamos vendo neste ano demonstra que as HQs estão cada vez se tornando mais relevantes e buscando um público renovado e dirigido para suas histórias.

2 Comentários

Clique para comentar

um × 1 =

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com