Neta de Bill Finger se pronuncia sobre créditos na criação do Batman

Recentemente, durante a Wondercon 2014, os fãs perguntaram aos profissionais DC presentes durante um painel sobre os motivos para o escritor Bill Finger não receber os devidos créditos pela criação do Batman. Como se sabe, ao menos dentro da comunidade de quadrinhos, Finger teria sido o verdadeiro fundador dos principais conceitos que viriam a estabelecer o Batman como um ícone da cultura moderna, que varia de seu tom soturno e atitude certeira e inquestionável até a uma extensa e icônica galeria de vilões e aliados.

billfinger

Acontece que o acordo feito com o ilustrador Bob Kane, tido como criador do personagem desde então e sujeito a receber, assim como seus descendentes, créditos pelo uso dele em qualquer mídia que seja até os dias de hoje, deixou Finger de lado. O autor morreu nos anos 1970, esquecido e falido.

Em 17 de Abril deste ano, pouco depois da data em que o Batman comemorou, oficialmente, 75 anos de vida, a Wondercon 2014 apresentou o painel “The Men Who Made Batman” (“Os Homens que Construíram o Batman” em tradução literal). A apresentação contou com as presenças de Larry Ganem, Brian Buccellato, Francis Manapul e outros. Um fã perguntou perguntou qual era o motivo por trás dos créditos de criação do Batman não irem para Bill Finger também. Após uma longa pausa Buccellato afirmou que não tinha uma resposta para esta pergunta. Manapul disse que não queria perder seu emprego e Ganem afirmou que a DC está em bons termos com a família de Finger.

billtheboywonder_tytempleton

Athena Finger, neta e única descendente de Bill, não concorda com isso. Em um pronunciamento à imprensa feito ontem, Athena afirmou:

O Batman fez 75 anos! Ninguém poderia prever a longevidade e a contínua relevância deste herói dos quadrinhos que se tornou um ícone cultural quando meu avô, Bill Finger, colaborou com Bob Kane em 1939. Meu avô nunca foi creditado de forma correta como cocriador do Batman, mesmo que isso não fosse exatamente um segredo dentro da indústria dos quadrinhos e muito além hoje em dia. Chegou a hora de eu sair das sombras e dar um fim nos 75 anos de exploração do meu avô. Sua única falha era não saber defender seu extraordinário talento. Devido ao que eu considero um contínuo destrato a um verdadeiro artista, estou explorando nossos direitos e considerando qual é a melhor forma de estabelecer o reconhecimento que meu pai merece.

A declaração de Athena ainda citou uma frase de Bob Kane proferida depois de Finger falecer: “Agora que meu amigo e colaborador se foi, devo admitir que Bill nunca recebeu a fama e o reconhecimento que merecia. Ele foi um herói desconhecido… eu sempre digo para minha esposa que se pudesse voltar quinze anos no passado, antes de ele morrer, eu gostaria de dizer: ‘vou colocar seu nome nisso. Você merece.’

bill-the-boy-wonder

Há alguns anos o escritor e estudioso dos quadrinhos Marc Tyler Nobleman faz um grande movimento para que Bill Finger receba o reconhecimento que merece. O apoio a ele só cresce com nomes da própria indústria, do presente e do passado, e agora com Athena saindo das sombras a Warner Bros. pode, finalmente, reaver a situação do verdadeiro criador do Batman.

(via Bleeding Cool)

Bill Finger e Bob Kane criaram o Batman em 1939, herói que é o mais popular da DC Comics há décadas. Bruce Wayne virou órfão ainda criança com assassinato de seus pais pelo ladrão Joe Chill, o que mudou sua vida pra sempre. Tendo tornado-se o elemento mais sinistro e calculista do Universo DC, seu capuz já foi vestido por Jean-Paul Valley (Azrael) e Dick Grayson, mas voltou ao seu dono original. O herói marcou pra sempre o universo de quadrinhos e literário com obras clássicas como Ano Um, Cavaleiro das Trevas, Asilo Arkham e A Piada Mortal. Ainda hoje seus títulos estão entre os mais lucrativos da DC Comics, bem como sua franquia animada e cinematográfica.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com