Uma aventura com os Totems da Vertigo

Estamos no mês da Iniciativa Vertigo e durante a gravação do ComicPod #118, sobre séries esquecidas da Vertigo, o Delfin citou Totems uma revista que eu nunca tinha ouvido falar, mas ela me chamou atenção por ser chamado de semente da  Liga da Justiça Dark.

TOTEMS

Eu como leitor assíduo de toda a linha Dark da dos Novos 52, resolvi ver o que teria de tão interessante nessa one-shot. Com uma equipe criativa muito competente e que nos entrega uma história bem divertida. Totems é escrita por Tom Peyer e com ilustrações de Duncan Freguedo, Richard Case e John Ormston.

Essa série fez parte de uma inciativa de virada de ano da Vertigo chamada V2K que tinha como intuito fazer uma comemoração pela virada de ano e a entrada do selo para o novo milênio ou não…

A história se passa durante a virada do ano de 1999 para 2000, em uma festa bastante adversa em que se encontram várias figuras bastante conhecida do selo. Nessa festa de réveillon encontramos John Constantine, bêbado e muito louco, Shade, Robotman, que está tentando curtir, Orquídea Negra, Monstro do Pântano e Homem Animal e durante o encontro vamos ter um acontecimento que faz com que todos se unam e tentem vencer as diferenças de modus operandi e acabar com o problema da virada do século.

totem 1

Uma HQ com uma premissa bastante simples, que tinha mais como intuito fazer uma brincadeira com os heróis que haviam migrado da DC para o selo da Vertigo, porém Tom Peyer se esforça ao máximo para caracterizar da melhor maneira possível todos os personagens que ali se encontram. O interessante desta revista é que ela não envelheceu e se um leitor da LJD, Homem Animal ou Monstro do Pântano, pegar para ler vai sentir como se ela fosse bastante atual. Já que nela vemos várias sacadas usadas por Peter Milligan e Jeff Lemire para escrever a Liga da Justiça Dark.

Nos desenhos temos uma colaboração que é bem utilizada, Freguedo, Case e Ormston fazem um trabalho bem voltado para o terror, entretanto a revista é recheada de cores vivas. Algo que não afeta o peso da narrativa, mas que me chamou bastante atenção. Entretanto a equipe dos desenhos se sai muito bem.

totem 5

Uma leitura para aqueles que gostam de personagens da linha Dark, que querem ler histórias fechadas e não julga a inteligência do leitor. Algo que infelizmente ainda não saiu aqui no pais, mas vai que o Oggh escuta a gente, já conseguimos fazer força para Invisíveis.

NOTA: 8/10

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com