Hi-5: Dobradinha com José Luis e JP Mayer

Lá em cima, na longínqua região nordestina do país, está um verdadeiro berço de grandes artistas de quadrinhos nacionais. Nesta sexta-feira os amigos José Luís e J.P. Mayer conversam sobre suas carreiras no Terra Zero e contam como estão suas vidas profissionais neste momento!

José Luis

Nome completo: José Luís Soares Pinto
Idade: 32
Profissão: Quadrinista
Editora Atual: Dynamite Entertainment
Por que quadrinhos?
José Luis: Desde muito pequeno amo quadrinhos bem como amo desenhar. Não posso nem dar uma data precisa de quando comecei a ter interesse por um ou outro, acho que já nasci com uma HQ numa mão e um lápis na outra (risos). Bom, já na questão trabalhar com quadrinhos eu fiz esta escolha. Trabalhando duro para atingir um nível de desenho semelhante aos comics americano eu me via cada vez mais neste ramo. E não deu outra! Hoje trabalho no mercado americano há seis anos e cada vez mais estou convicto de que fiz a escolha certa.

redt_2_dylux-1-copy

1-) José, é um prazer falar com você depois de tantos anos que você trabalhou para a DC Comics. Aliás, vamos começar a entrevista falando do período que precedeu isso. Como você começou a trabalhar profissionalmente com ilustração e como chegou até a DC Comics?
JL: Fico feliz em falar um pouco sobre minha carreira. Como a grande maioria dos artistas cearenses eu fui autodidata até entrar no mercado profissional de quadrinhos. Isso foi em 2007, quando tive a oportunidade de conhecer Ed Benes, um grande artista também aqui do Ceará. Foi então que surgiu minha primeira oportunidade de trabalhar com quadrinhos profissionalmente, pois até então seguia com vendas de artes originais e commissions. Meu primeiro trabalho foi uma verdadeira prova de fogo: tive que fazer Justice League of America #28! Até aí estava tudo bem, se não fosse o prazo para entrega que estava pra lá de estourado. Desenhei mais de 16 horas por dia, e ainda tive que ficar 13 dias na casa do meu amigo J.P. Mayer que era o finalista. O prazo da edição era de 14 dias e depois de muita pestana queimada e café nas veias eu e o J.P. conseguimos concluí-la em 13 dias. Recebemos elogios, e o desafio nos rendeu a edição seguinte JLA#30 e muitos outros títulos da DC comics como Titãs, Tornado Vermelho e Novos Titãs. Curti demais trabalhar em todos eles!

2-) Seus trabalhos mais memoráveis na editora foram com o Tornado Vermelho e a Liga da Justiça. A minissérie do robô escarlate nunca saiu no Brasil. Você diria que um projeto menor como ele gera menos pressão editorial que um título como o da Liga, que na época era escrito por Dwayne McDuffie?
JL: Sim, com certeza. Apesar de ter sido escrito por Kevin VanHook, um cara que admiro muito, o fato do personagem ser pouco conhecido aqui no Brasil torna ainda mais difícil seus títulos chegarem às bancas. Agora que o universo DC se renovou, piora ainda mais. Mas, quem sabe, não somos pegos de surpresa qualquer dias desse.

witchdemon12

3-) Atualmente você está trabalhando na Dynamite Entertainment, correto?
JL: Isso mesmo. Estou trabalhando na Dynamite há um ano, e já passei por alguns títulos como: Witchblade Demon Reborn, Bionic Man Vs Bionic Woman e atualmente estou trabalhando em Vampirella, uma das heroínas mais conhecida. Curti muito trabalhar em todos eles. É bacana ver que este ano a editora Mythos estará lançando os títulos da Dynamite no Brasil. Ainda não há previsão para os títulos em que trabalhei, mas fico feliz em saber que os fãs de quadrinhos terão mais opções de leitura no mercado.

4-) Constantemente você posta ilustrações comissionadas ou outras artes que faz apenas pelo prazer de desenhar em seu perfil no Facebook. Este tipo de coisa te ajuda a se manter próximo de seus fãs? Você diria que postar trabalhos diversos no Facebook também ajuda a divulgar sua arte para potenciais “olheiros”?
JL: Com certeza. As redes sociais têm sido para mim uma grande “agenciadora”. Mais da metade de meus amigos no Facebook são: americanos, franceses, japoneses etc. Isso tem levado minha arte a lugares que nunca imaginei. Acredito que os jovens talentos de hoje não encontram mais dificuldades em mostrar seus trabalhos para as grandes editoras ou estúdios agenciadores. Conheço um amigo que recebeu proposta de contrato com um estúdio para agenciá-lo sem que ele fosse atrás, apenas postando artes no Facebook. Quase todos os dias recebo mensagens, seja de admiradores, encomenda de artes comissionadas ou proposta de trabalho. Então sei que se hoje eu perdesse o meu contrato com Dynamite já estaria muito bem amparado.

sups-vs-goku

5-) Quais são seus projetos futuros dentro do mercado internacional?
JL: Meu sonho é ser o desenhista regular do Superman, meu herói preferido. Então, batalho muito para aprimorar meu trabalho cada vez mais, e quem sabe um dia chegar lá. Porém, até este dia chegar, quero está fazendo em meus traços o maior numero de heróis o possível, pois amo fazer quadrinhos, e poder dizer para os fãs de HQs a seguinte frase: “Ah, este herói eu já desenhei” será tudo de bom pra mim!

J.P. Mayer

Nome completo: João Paulo Maia
Idade: 32
Profissão: Arte-finalista
Editora Atual: DC Comics
Por que quadrinhos?
Por que, quando a vida está redondinha demais, fica muito chata!

Nightwing2-1

1) J.P., é um prazer falar com você novamente. Em nossa última conversa, em 2011, você estava trabalhando em Nightwing nos Novos 52. Depois você foi para o Besouro Azul e agora está em The Green Team. Como foi esse período e como é trabalhar com Ig Guara, com quem você esteve no Besouro e está agora em TGT?
JP: Foi um tempo de grande aprendizagem e evolução pessoal. Ter a oportunidade de trabalhar nesse mercado, nesse momento em que, muito mais que antes, a concorrência está muito acirrada positivamente, é um grande desafio cotidiano. Formar uma equipe com o Ig é gratifcante. Ele é um artista fora de série. E é, também, o cara mais gente boa e sincero com quem já trabalhei fixamente como arte-finalista.

2) Quando conversamos em 2011 você disse que apenas fazia nanquim das artes, não sendo portanto um desenhista de fato. Neste período de tempo você chegou a desenvolver seu “lado desenhista” ou apenas aprimorou mais seu nanquim?
JP: Apenas tentei aprimorar-me como arte-finalista. Desisti, pelo menos por hora, de aprender a desenhar (crianças, não sigam meu exemplo!). Sou muito pouco criativo, raramente tenho ideias pessoais de como criar texturas diferentes, etc, mas, como já ouvi alguém dizer: “Originalidade é a arte de esconder as fontes”. Então, é bom saber que não sou o único que tenho esse tipo de problema, rs. Por isso, estudo muito o trabalho de outros arte-finalistas e tento aplicar o que aprendo, colocando um pouco do meu estilo pessoal.

blue-beetle-ig-jp

3) Você é bastante ativo nas redes sociais, falando de seu trabalho, sua vida pessoal ou fazendo brincadeiras com seus amigos e leitores. Participar das redes sociais é uma forma positiva de divulgar sua profissão?
JP: As redes sociais estão aí para isso mesmo. Deixo meu notebook à minha frente o dia inteiro com Twitter e Facebook abertos. De vez em quando olho o que os outros estão falando (principalmente coisas engraçaralhas). Ninguém deve ser sério o tempo inteiro! O humano não vive sem o lúdico. Então as redes sociais me servem como uma verdadeira terapia, evitando que me estresse com meu próprio trabalho.

4) Pensando na DC Comics como ela é hoje, em quais outros projetos você gostaria de contribuir com sua arte-final (não desmerecendo outros arte-finalistas, é claro)?
JP: Como todo profissional que se preze meu desejo e alvo é sempre crescer para, um dia, estar nos maiores e melhores títulos da editora. Por isso, sonho em voltar a trabalhar no Superman, Batman, títulos esses que dão uma grande visibilidade para o seu trabalho. Mas, até lá, tenho consciência que há um longo caminho de aprendizagem e aperfeiçoamento.

green-team-ig-jp

5) O que você diria para os leitores que ainda estão em dúvida sobre a revista em si para acompanharem seu novo trabalho?
JP: Valerá cada centavo e cada segundo de tempo gasto em cada página!

1 Comentário

Clique para comentar

12 − 1 =

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com