[Especial V20] Apresentação & Os Livros da Magia

Em 1993, pelas mãos da editora Karen Berger, foi fundado um selo dentro da DC Comics chamado Vertigo. Ele tinha como intuito fazer quadrinhos com teor mais maduro e também manter aquela parcela de leitores que cresceu lendo aventuras de heróis e buscava algo que se adequasse com o período da vida em que estavam.

Vertigo

A equipe do Terra Zero resolveu homenagear todo o caminho trilhado por esse selo que é tão importante, pois revolucionou o mercado de várias formas, trazendo boas histórias, escritores sem medo de inovar e quebrando paradigmas que até aquele momento ainda não haviam sido abordados nas HQs.

Então, de agora até dezembro, vamos trazer textos da equipe e de convidados sobre títulos pelos quais tenhamos um carinho especial. Então se preparem, pois vamos começar uma viagem por mundos mágicos, de ficção cientifica e de terror. Tenho certeza que todos ficarão com aquele gostinho “quero mais” quando chegar o fim do ano.

Os Livros da Magia

O jovem Neil Gaiman, um dos nomes fortes da invasão inglesa do fim dos anos 80 e escritor bastante popular por causa do seu trabalho em Sandman, começou a escrever Os Livros da Magia em 1991, uma minissérie dividida em quatro partes que contava com um desenhista diferente a cada edição. Na ordem, os desenhistas foram: John Bolton, Scott Hampton, Charles Vess e Paul Johnson.

BOM_DLX

A história é sobre a trajetória de Timothy Hunter (ou Tim Hunter, para os mais íntimos), um garoto inglês de 12 anos,que estava matando aula e andando de skate quando é abordado por 4 homens misteriosos. Essa “Brigada dos Encapotados” conta com John Constatine, Vingador Fantasma, Doutor Oculto e Mister E, e eles têm uma notícia e uma proposta bem estranhas para menino.

Esse senhores falam que Tim será o maior mago do mundo, e eles se prontificam a ajudar o garoto, apresentando o mundo magico e o deixado com a opção de querer ou não seguir os caminhos místicos, coisa que nenhum dos 4 tiveram como opção. Com a proposta aceita, eles partem numa trajetória que vai mudar para sempre a vida de Timothy.

BoM4mages

A HQ chama atenção exatamente por trilhar todo o universo místico da DC Comics da época durante a viagem. Tim vai para o passado aprender sobre o cerne da magia, conhece a sociedade de mágica do presente, os diversos mundos místicos e o futuro onde chega até o fim de tudo, para então poder dar o seu veredicto. Nela vamos ver o nosso protagonista conversando com Merlin, conhecendo o Espectro, Jason Blood, Sr. Destino, vivendo alguns dias com Zatanna, viajando pelo o mundo das fadas, do sonhar e até o inferno.

Gaiman usa uma infinidade de referências e sua narrativa flui de forma suave, não deixando o leitor cansado. A arte das quatro revistas são muito boas, porém este redator acha que a melhor ilustrada é a terceira edição. Charless Vess faz um trabalho muito bonito e quem já leu também Stardust vai reconhecer que o mundo das fadas das duas obras é deveras parecido, para não dizer idêntico.

books-of-magic-faeries

Essa revista me marcou bastante, pois foi um dos primeiros títulos que li depois de voltar a acompanhar HQs com maior constância. Ela tem todo o teor filosófico de grandes sagas e trabalha com uma temática messiânica de forma muito interessante. Claro que em momentos vamos encontrar ideias bastante parecidas com outra obra que aborda um menino bruxo inglês, ou seja, Harry Potter. Mas vale lembrar de que Livros da Magia saiu bastante tempo antes do boom dos livros de J. K. Rowling.

Posso dizer que a parte mais interessante da obra é releitura, pois é aquele tipo de experiência que sempre te agrega algo novo. Uma pena que a serie mensal de Os Livros de Magia não tenha conseguido ser tão interessante quanto a minissérie.

Conclusão

Uma minissérie totalmente redonda, sem arestas ou qualquer outra falha, deixa vários pontos abertos para que o John N. Reiber, escritor da mensal, possa explorar e trabalhar toda a jornada mística em que Tim acaba submergindo. Claro que esse trabalho não é tão bom quanto Sandman, que para mim é o melhor trabalho de Neil Gaiman, mas a mini também merece um tratamento especial, pois dá um panorama do universo mágico do UDC deixando tudo de forma bastante coesa e de fácil entendimento.

Vale ressaltar que hoje em dia Timothy Hunter está de volta à cronologia, já que Jeff Lemire trouxe o garoto para integrar a Liga da Justiça Dark.

049

Livros da Magia é, junto com várias outras obras, uma das precursoras da Vertigo e nada melhor que começar essa coluna de que com um dos títulos que ajudou a criar os primeiros conceitos do selo. Gaiman é um grande escritor e junto com Alan Moore, Grant Morrison, Garth Ennis e mais uma penca de artistas, conseguiu inovação na indústria de quadrinhos. Todavia é bom ver relembrar que nesses mais de 20 anos temos muitas histórias que merecem ainda ser relembradas e contamos com a parceria de vocês nessa jornada.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com