Panini confirma Legião Perdida no Brasil

Já faz um bom tempo que a Legião dos Super-Heróis ganhou destaque no Brasil pela última vez. A vinda dos Novos 52 ao país, trazidos pela Panini Comics, mostrou que era questão de tempo até que o grupo tivesse algum material impresso dedicado a ele.

A nova Legião Perdida, que traz uma versão da ideia original de Dan Abnett e Andy Lanning no ano 2000, já foi cancelada nos Estados Unidos, mas teve um início bem promissor e é este material que chega ainda em novembro às bancas nacionais.

Este pequeno grupo de legionários viajam do Século XXXI diretamente aos dias atuais para impedir a aniquilação universal por conta de um terrorista chamado Alastor. No entanto, os dispositivos que o grupo usa para viajar ao presente acabam falhando, fazendo com que eles fiquem presos no presente.

Esta edição especial traz histórias publicadas originalmente nas revistas # 1 a # 7 de Legion Lost. Enquanto o texto fica a cargo da dupla Fabian Nicieza e Tom DeFalco, a arte é de Pete Woods. O volume custará R$ 14,90.

A Legião dos Super-Heróis foi criada em 1958 por Otto Binder e Al Plastino, sendo formada por membros heróicos de vários planetas, inclsuive da própria Terra, que virou planeta sede do grupo no Século XXXI. Com uma ideia de brincar com a união dos países europeus, este grupo tornou-se politicamente ativo dentro do Universo DC e teve sua era de ouro nas mãos de Paul Levitz, em especial ao lado de Keith Giffen. A segunda fase mais adorada (tida como a primeira por uma boa parte dos fãs também) é a do escritor Mark Waid. Dentre seus principais membros estão Relâmpago, Satúrnia, Cósmico e Brainiac 5.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com