# Matérias Arquivadas 2 Destaque

E o herói gay é…

[o artigo abaixo contém spoilers]

imageParece que o sempre bem informado Bleeding Cool desvendou o mistério do novo herói homossexual da DC Comics. Como tem sido falado desde a apresentação da editora em Londres (acontecida no último final de semana), um famoso personagem da editora se revelará gay neste novo Universo DC.

O site acredita que ninguém menos que Alan Scott seja o homem saindo do armário no DCnU. Mesmo que a promessa tenha indicado alguém que ainda não aparecera nas revistas, é óbvio que a presença de Alan em Earth 2 não o coloca como oficialmente apresentado, já que nenhum leitor o viu de uniforme.

Como era de se esperar, as informações ainda não passam de boatos, mas Rich Johnston reitera que possui ótimas fontes dentro da editora.

image

Alan Scott, o primeiro Lanterna Verde, foi criado em 1940, tornando-se com o passar das décadas um dos maiores ícones de liderança do UDC. No velho universo era pai do Manto Negro e da Jade, além de um dos pilares principais da Sociedade da Justiça da América.

62 Comentários

  • O Alan Scott ele é um dos meus favoritos personagens da Terra 2 mudar a sexualidade dele seria muito fail pq ele já teve até filho,eu acho que não precisa inventar mais homosexuais, bom pelo menos já tem vários a Batwoman,Apolo e Meia-Noite (são um casal porradeiro) entre outros gays da DC, acho que não tem necessidade de mudar a orientação de algum herói só por vendas, deveria aproveitar a sexualidade do personagem e criar boas histórias, não transforma um herói a anos uma coisa em outra, as histórias da Batwoman por exemplo são muito boa e não precisa aquele sinal enorme de eu sou gay é uma mulher normal (quase pq sair vestida de morcego pela noite batendo em bandidos, não e normal kkk), mas enfim acho que essa jogada de markenting é sem necessidade.

  • Desnecessário isso, com certeza. Mas querem investir em mudanças, e a Terra 2 já mostra isso, são novos personagens, releituras e modernização do que já foram. Quero só ver como vão tratar disso na revista.

  • Ian, o fato de ter filho não interfere na identidade sexual da pessoa. O legal seria ele ser gay, e o Manto Negro continuar gay, também! :D

  • Ué, mas quem disse que, com a sua palavras, ele vai “usar aquele sinal enorme de eu sou gay”? Óbvio que a DC tem interesses comerciais nisso, mas não vejo muito problema nisso. Umas décadas atrás coisas muito similares eram ditas quando começaram a incluir personagens negros nas histórias, tinha um monte de pessoal de mimimi, etc. É interessante que as histórias reflitam também a situação real do mundo! Quanto às mudanças, muitos personagens tiveram fatos de sua cronologia descartados após o reboot, então não seria novidade. Certo que existem outros personagens gays no UDC, mas nenhum tão icônico quanto o Lanterna Verde (apesar do Alan não ser tão conhecido quanto os outros), ou vai me dizer que alguém que não é leitor de HQs conhece o Meia-Noite ou o Bunker dos Novos Titãs?
    Sem contar que a própria Batwoman atual é uma reformulação da Batwoman
    original da década de 50, e sem dúvidas em 2006 quando reintroduziram a personagem tinha muita gente reclamando da mudança de sexualidade dela.

  • @King Moby

    O Hell, que é putinha do Alan Scott, vai ficar beje!

  • Se for verdade, não vai me surpreender, pq como nosso amigo disse aí em cima, Alan Scott é pai do Manto Negro, que é homossexual.

  • Beleza colocar gays e tal, mas tinha que ser com alguem cujo poder vem do anel? Acho que nos EUA eles não fazem essa brincadeira.

  • Que palhaçada! Deviam fazer era o Hal Jordan virar viado, isso sim. Aquela moleca nunca me enganou.

  • Sinto que a Jade e o Manto Negro vão ficar no limbo. =( Aliás, o Manto negro já fazia esse “papel” tranquilamente. E eu sempre achei o visual dele foda! Parece q vão deixar eles na turma do Barry e da Donna. Eu queria muito eles numa Infinity Inc. pós-reboot.

  • “Como ele vai ser o Lanterna Verde se ele der o anel?”
    HAHAHAHAHAHA
    best answer ever…

  • Uma vez que o Alan é jovem nessa nova Terra-2, é óbvio que ele não tem filhos… Se Manto Negro e Jade reaparecerem, será como novos personagens… Se, porque talvez o destino deles seja o mesmo o do Wally e da Donna…

  • “Como ele vai ser o Lanterna Verde se ele der o anel?”
    não consigo esquecer esse comentário kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • bwahahahahahahahahahah,então o detentor do anel tambem queima o anel ,rapaz vou te dizer uma coisa super heroi esta indo para a vala ,greg rucka fez um trabalho brilhante com renee montoya e a batwoman com roteiros concisos e soluções realistas ele abordou de forma elegante o assunto ,agora me vem estes genios editoriais da dc e me manda esta ,estrela polar e gay desde sua criação ,por isso é logico a abordagen da marvel em suas historias atuais , daqui uns dias estes genios da dc dirão que a decadas o batman é casado com o robin de papel passado e tudo
    bwahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah

  • Era isso que eu estava questionando eles irão mandar a Jade e o Manto Negro para o limbo, pra que possa mudar a sexualidade do Alan, tinha esquecido de ressaltar lá, eu acho desnecessário fazer alguém virar gay, só para mostrar que respeita a diversidade e tudo mais, depois do discurso do Obama nos EUA apoiando os homosexuais, agora ganhara mais apoio nas mídias em geral, eu só disse que prefiro algo mais natural, apenas um detalhe a mais na construção da personalidade do personagem de como deveria ser, como eu tinha dito a Kate e o maior exemplo o casal Apollo e Midnigth.

  • @scheldon/krulll
    Putz… o original tinha fraqueza por madeira… puta merda

  • Vem cá, por que nenhum herói da DC parece velho? O botox tava com desconto?

    Eu seriamente preferia herois mais diversos em traços, idades e personalidades, coisas que parecem ter sido limadas da DC nesse ano.

  • Mas Jade e Manto Negro não vão pra vala por causa da sexualidade do alan, eles ja tinham ido pra vala por causa da IDADE do Alan, ele agora é jovem, pouco mais de 20 anos, então não tem como ter filhos daquele tamanho. Simples assim.

  • Caras acho uma babaquice esse lance de mudar a orientação sexual de personagem antigo.
    Porque eles não criam um novo herói, dão a ele mais destaque, boas histórias, bons desenhistas e o mais importante, e o tratem SEM ESTERIÓTIPOS!!! Isso sim seria um avanço e com certeza muito mais respeitoso, do que mudar a orientação de um personagem antigo e na primeira oportunidade mudam isso novamente…

  • Qual o problema de fazer ele ser gay? O primeiro mimimi é porque o personagem “é clássico” e sei lá mais o que. Depois, é o motivo dele já ter tido filhos e sei lá mais qual a frescura…
    Simples, Alan Scott da Terra 2 é um cara jovem, não tem como ter filhos (e não fazem falta nenhuma) e a proposta dessa nova revista é reinventar a SJA, com novos conceitos, origens, uniformes, etc. Acho muito válido essa mudança. Ele ser gay agora não interfere em nada. A DC só não pode esteriotipar o comportamento dele, tendo atitudes carnavalescas e ataques histéricos… e é ónbvio que isso eles não vão fazer. Não vai interferir nas histórias essa questão… o cara é um super-herói e é gay, mas continua sendo um super-herói. Ele pode ser um gay com as mesmas atitudes de quando não era, é só não generalizar.
    Bem legak a ideia. Não afeta em nada a construção do novo universo.

  • legal*

    E outra, qual a graça de pegar um personagem de segundo ou terceiro escalão e mudar a orientação sexual dele? Nenhuma! Porque vai ser irrelevante. “Personagem clássico não se mexe, mimimi”… ah, por favor.

  • Nossa, quanto comentário nesse post no nível Idade da Pedra feelings, eu hein.

  • Não vejo problema nenhum em transformar o Alan Scott em gay. Se o problema era os filhos, ser gays não vai mudar isso e sim a idade como já disseram.
    Outra coisa, estão esquecendo que quem escreve essa revista é o Robinson, e ele escreve bem personagens homossexuais. O Starman azul é gay e é um personagem foda demais. Em Shade ele já introduziu até parentes do do Sombra que são gays também, e foram bem desenvolvidos, sem nenhum estereótipo.
    E apesar de achar legal essa mudança de sexualidade do personagem, preferia que tivessem feito isso com o Superman. Seria muito mais corajoso e interessante abordar essa temática com o maior super-herói de todos os tempos.

  • Caros defensores GLS o problema não é ele ser Gay, mas pegar um personagem criado em 1940 e que não foi imaginado desta forma, o criador do personagem escreveu lá, Allan Scott, homen etc..

  • bwahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah,que eresia o primeiro detentor do anel queima o anel
    bwahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaa

  • Armando. Ser gay e ser homem não são antônimos. Reveja seus conceitos.
    Aliás, o próprio Super-Homem hoje não é aquilo que foi imaginado em 1938. Nem o Batman é o que foi em 1939.
    E não se trata defender GLS.
    São quadrinhos, não pessoas.
    Relaxa! ;)

  • Acho que o que o pessoal não entende é que não é mais o velho Alan Scott… é um personagem com o mesmo nome (e poderes, talvez) só, o resto é totalmente diferente.

  • imagina o alan scot perdendo a linha quando ele enfrentar o homem floronico que é só madeira
    bwahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha

  • Acho que ele não vai ser tão poderoso quanto antes, porque se ele usar muito poder pode acabar queimando o anel.

  • @Marcel
    Ele vai usar todo o poder para virar os olhinhos!

  • Personagens mortos podem voltar à vida (1713737838 exemplos), personagens paraplégicos podem voltar a andar (oi, Barbara Gordon), heróis podem virar vilões, vilões podem virar heróis, etc, etc, por que SEXUALIDADE não pode mudar? Sexualidade não é uma coisa rígida como vocês fazem parecer.

  • Cada dia é uma merda nova que aparece … estava crente que era o Vibro, e agora me vem com essa. Alan Scott ! Mas que droga DC !
    A falta de criatividade deles é incrivel. Bastava criar um novo personagem, mas agora vem com essa, desrespeitando um herói tão clássico como ele. E sim, considero um desrespeito ! Dizem que o personagem continuara o mesmo, não terá ataques de frescura, mas todos sabem que isso é mentira. Caso contrário, não teriam feito tanto alarde quanto a isso como fizeram, então com certeza vão ficar explorando esse “aspecto” do personagem da forma mais apelativa possivel … basta ver o novo herói gay dos Titâs, o Banker, um latino boiola de uniforme rosa e roxo … mas pelo menos não cagaram com um personagem ja existente, como fizaram com o Estrela Polar (do qual fui leitor da fase clássica do John Byrne e posso garantir que ele nunca foi hossexual até a chegada de adivinhem quem? Scot Lobdel, criador do Bunker !)
    Mas fazer oque, apelações desnecessárias são a moda agora …

  • Armando Barraca, não sei a aplicação da tua pergunta à notícia, mas sou, sim. e tu?
    Mais uma vez, não achei necessária essa mudança no personagem. Mas prefiro ver como vai sair o material.
    O Bunker, o badaladíssimo titã gay, age como se não fosse. Fora uma ou outra caraterização tipo Valéria, quando está com a Solstício.
    E pra quê? Pra mostrar que gay tem de ser espalhafatoso, afeminado, “amiga” das personagens femininas e, assim, um alívio cômico?
    Soy contra!
    Taí Wiccan e Hulkling que não me deixam mentir! Ou Terry, ex-assistente do desenhista Kyle Rayner!
    Ok, o novo Alan Scott é gay? Beleza!
    Vou estranhar bastante, mas não mais que um Hal Jordan loser, um Batman engraçadinho, uma Mulher-Maravilha mula e um Super-Homem cuzão que li em Justice League 1.

  • Honestamente, tbm não vejo problema nisso. Se a ideia do reboot é renovar conceitos, apresentar outros e coisa e tal, acho mais que válido. Aliás, se usam o conceito pré reboot falam q tá uma merda pq não mudou nd, se usam um conceito novo, fala q tá uma merda pq mudou o conceito pré reboot… não entendo as vezes essa birra.
    E pqp, ”Como ele vai ser o Lanterna Verde se ele der o anel?” foi um clássico instantâneo! UHAHUAHUAHU

  • Eu achava que ia ser o Pantera. Sei lá, um codinome desses…

  • Lamentável…

    Poderiam criar um outropersonagem queimador de “anel”, ao invés de estragar um personagem estabilizado e bem estabelecido…

    Uma pena… Sabia que este reboot ia chegar a este ponto… Mas esperem por coisas piores, de verdade…

  • @T’charr® haha, né? Estou rindo aqui com esses comentários, lol. Que loucura.

  • Sério, eu não gostei da escolha. Mas já que escolheram, vou ler primeiro o material, antes de continuar falando.
    De qualquer forma, estou vendo Alan Scott como um “mutante” da DC, discriminado e odiado pelas pessoas a quem ele protege.

  • É uma pena mesmo, a DC esta pouco se lichando pras minorias, quer apenas os holofotes, e esses leitores otarios caíram na rede deles.

  • OK, beleza, tudo bem… Colossus Ultimate é gay mas sua contraparte 616 não é. Tem personagem pra todo mundo se identificar, comparar, gostar ou não. Agora, seu eu quiser ler o velho Allan, faço o que então? Porque pra mim ese é o grande problema aqui.

  • Acho bobagem descaracterizar o personagem assim…
    mundanas desnecessária como transformar a Amanda Waller em gostosa me desanimam de ler algumas revistas da DC.

  • Será que agora que enviadaram o sujeito, ele vai continuar com aquelas mangas esvoaçantes e gola alta? Hmm, pensando bem, ele sempre uns gostos meio estranhos pra se vestir. E a botinha com laço, igual sandália? Sei não,hein… Me parece que o roteirista apenas evidenciou algo que sempre esteve lá.

  • @Sandro,

    se vc quiser ler o “velho Allan”, bem como a “velha DC”, busque por histórias velhas.
    Nessa nova DC o que mais tem espaço é pra mudanças.

  • Chátomo, agora que o Alan é gay assumido, a roupa dele ficou mais de macho, até! Chega de fru-frus!!! :D

  • O problema não é transformarem ele em gay, o problema é que isso não vai dar em nada. Eles vão fazer isso, a edição inaugural venderá muito bem mas essa característica do personagem não será explorada.
    Ela não explora a Batwoman, nem parece que vai utilizar bem o casal Apolo e Meia Noite. O problema é esse! Isso não vai gerar boas estórias.

    Se gerar, ótimo. Mas porque não fez isso com os personagens gays que já existem no seu universo?

    Porque o povo já se acostumou tanto com eles, que as revistas não tem o mesmo impacto. Teria se soubessem utilizá-los, mas não é assim que a banda toca!

  • puta merda, que lixo. logo ele.
    meio fail justamente por ele ter filho sim, eu sei que isso não interfere na sexualidade, mas podiam ter escolhido outro.
    Alan Scott é um personagem mt importante pra ser mudado assim.

    Não culpo a dc, afinal tem toda aquela historia de não mostrar preconceito nos quadrinhos hoje em dia e tal… mas eles tinham que escolher um personagem que talvez fosse conhecido, mas não tivesse muito sucesso ou reconhecimento, talvez daria um up nele.
    Mas o Alan não….. ):

  • Bom, sou fã de DC e sou gay, então acho que faço parte do público que a DC quer chamar e pode ter certeza que vou passar a acompanhar o personagem. Interessante é que sou muito fã dos Lanternas Verde de Oa, mas nunca dei bola pro Alan, mas agora isso muda.

    Sobre a mudança, eu gostei. Se a proposta é ter um personagem gay famoso, o jeito é pegar algum famoso e “transformar” gay. Se fosse um personagem novo, o preconceito iria fazer a maioria não se dar ao trabalho nem de conhecer o personagem. Com relação a Batwoman, só digo que preconceito contra mulher homossexual é sempre menor que contra homem homossexual, logo a aceitação dela é maior.

Deixe um Comentário

twelve + 7 =

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com