Destaque Notícias Quadrinhos

A velha nova Mulher-Maravilha

[o artigo abaixo contém spoilers]

A Mulher-Maravilha é dona de um dos títulos mais bem elogiados do DC Relaunch. Sob a batuta dos aclamados Brian Azzarello e Cliff Chiang (que algumas vezes foi substituído pelo também muito talentoso Tony Atkins), a revista mantém altíssima qualidade e nesta quarta-feira apresenta mais uma novidade.

Wonder Woman #8 traz o verdadeiro traje de Amazona da Princesa Diana. Preparada para a batalha, a personagem não tinha um visual clássico assim há alguns anos. A mudança, na verdade, não é permanente, já que, assim como as armas, esta armadura só deve ser usada em batalhas cruciais.

A revista sai amanhã nos Estados Unidos.

Um dos maiores ícones pop de sexo feminino a Mulher-Maravilha foi criada em 1941 pelo psicólogo William Moulton Marston. Embaixadora das Amazonas na Ilha Paraíso (também conhecida como Temíscira ou Themyscira) ela foi mandada ao mundo humano para propagar a paz. Possuindo habilidades super-humanas e seu laço da verdade ela faz parte da Trindade da DC Comics e muitas vezes funciona como o balanço entre os extremos de Superman e Batman.

11 Comentários

  • Esse uniforme de batalha da Diana ficou muito maneiro mesmo. O único detalhe do qual não sou muito fã é aquela proteção para o braço esquerdo, mas ainda assim o design ficou muito bom.

    Taí um título que parece ter sido bastante beneficiado pelo Relaunch.

  • Essa proteção para o braço esquerdo, se não me engano, vi em Spartacus. Espero que a Panini lance encadernado.

  • É impressão minha ou essa nova mulher maravilha não voa? na edição 7 ela salta para alcançar um lustre e atacar efesto, em liga da justiça ela é carregada por um construto do lanterna verde, assim como flash, batman e ciborg. não é crítica a personagem tá muito massa, mas prefiro ela ultra poderosa, fazendo frente até ao superman

  • Mulher-Maravilha e trabucos !

    Bem-vindo ao maravilhoso anos 90 ….

  • Prefiro ela sem voar. Dá mais a impressão de realidade, além de ela deixar de ser a versão feminina do Super. Sempre achei que vôo era uma característica muito banalizada, principalmente na DC.

  • Ainda não apareceu uma explicação “convincente” de por que uma guerreira amazona utiliza um uniforme inspirado na bandeira dos EUA…

  • A Mulher-Maravilha pré-crise também não voava. Sabe que eu acho uma boa? Eu acho o poder de voar o mais ridiculo de todos… Nunca entendi o negócio de propulsão… Sorry, Superman…

  • espero logo que o Relaunch chegue por aqui, e olha que teve marmanjo criticando a Maravilhosa no seu novo título, quero que Diana chute bundas do Tártaro até o Estige

Deixe um Comentário

17 − 3 =

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com