As Maiores Histórias de Flash (Barry Allen)

O Comic Book Resources eventualmente convoca fãs e jornalistas para elegerem as melhores histórias de um personagem ou de um profissional da indústria. Uma das mais curiosas divulgadas neste mês de novembro corresponde ao Flash (Barry Allen). Ressuscitado em 2008 (depois de mais 20 anos morto), o herói é o Flash favorito de uma velha geração de leitores, mas está voltando a ganhar o gosto de novas gerações graças à sua nova personalidade.

Abaixo estão as dez histórias mais votadas do personagem na pesquisa feita pelo CBR. Vale destacar que nenhuma delas faz parte dos trabalhos recentes com o herói, sendo a mais nova o seu sacrifício em Crise nas Infinitas Terras, de 1985.

10) Flash #137 – “Vengeance of the Immortal Villain!

Vandal Savage está de volta em um clássico que mistura dois mundos! A histórico dupla criativa formada por Gardner Fox e Carmine Infantino contou esta história em 1963.

9) Flash #155 “Gauntlet of Super-Villains

O Gorilla Grodd manipula a Galeria de Vilões para lutarem com o Flash, assim ele pode controlar a mente de Barry. A história foi feito por John Broome, com arte de Carmine Infantino and Joe Giella.

8) Flash #148 “Doorway to the Unknown

Um grande conto supernatural de John Broome, responsável por marcar o personagem na Era de Prata. Arte de Infantino e Giella.

7) Showcase #4 “Mystery of the Human Thunderbolt!

A clássica apresentação do Flash! Uma das grandes origens da época, feita por Robert Kanigher, Carmine Infantino e Joe Kubert!

6) Flash #300 “1981 – A Flash Odyssey

Cary Bates apresenta uma história em que Barry Allen é convencido a pensar que sua vida como Flash era uma grande imaginação, e na verdade ele ficou seriamente machucado após levar o raio com químicos no laboratório. Carmine Infantino e Bob Smith são responsáveis pela arte.

5) Green Lantern #13/Flash #131 “Duel of the Superheroes”/”Captives of the Cosmic Ray

Este foi o pontapé inicial da amizade entre Barry e Hal Jordan. O texto é de John Broome, com arte de Gil Kane e Carmine Infantino – a arte-final a cargo de Joe Giella.

4) Secret Origins Annual #2 “Mystery of the Human Thunderbolt!

Robert Loren Fleming, acompanhado pelos artistas Carmine Infantino e Murphy Anderson, examina a vida de Barry Allen numa história tocante, que o coloca como o raio que o atingiu em Showcase #4.

3) Flash #275-284 “The Death of Iris Allen

Cary Bates (com Alex Saviuk, Don Heck e vários arte-finalistas) construiu um épico sobre a morte de Íris Allen e o mistério que a envolveu.

2) Crise nas Infinitas Terras #8 “A Flash of the Lightning!

A morte de Barry Allen, sacrificando-se para salvar o universo! Por Marv Wolfman, George Perez e Jerry Ordway.

1) Flash #123 “Flash of Two Worlds

Um dos maiores contos da Era de Prata. Nele vemos Barry Allen encontrar-se com o herói de sua infância, Jay Garrick – o Flash Original. Novamente feita por Gardner Fox, Carmine Infantino e Joe Giella. É o primeiro clássico do herói escarlate.

Flash é o homem mais rápido do mundo e o primeiro velocista dos quadrinhos. Assim como outros heróis da DC Comics ele tem um grande legado e teve várias identidades através dos anos, sendo que o primeiro deles foi Jay Garrick, batizado de Joel Ciclone no Brasil. Na Era de Prata veio Barry Allen, com o uniforme todo vermelho que passamos a conhecer, tendo sacrificado-se na Crise nas Infinitas Terras e passando sua identidade ao sobrinho Wally West, que ganhou sua própria revista tendo durado por cerca de 20 anos. Bart Allen, ex-Impulso, chegou a ser o Flash por pouco tempo, mas morreu e voltou como Kid Flash. Barry também está de volta e é Flash novamente, dividindo a identidade com Wally.

17 Comentários

Clique para comentar

18 − dez =

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com