[HQView] O Dia Mais Claro nº 4 da Panini Comics

Sinopse: Depois de finalmente descobrir sua missão na Terra, Boston Brand parte em busca do único herói que ele acha capaz de auxiliá-lo: Hal Jordan! Enquanto isso, o Caçador de Marte faz sua própria descoberta sobre a sombra que vem atormentando sua nova vida e o Gavião Negro reúne um exército para derrubar Hath-Set (e libertar Shiera) no Mundo-Gavião. Desavisados desses perturbadores fatos, os demais ressuscitados pela luz branca da vida são atingidos pela mesma energia que os trouxe de volta mais uma vez. Agora, todos terão que decidir o que fazer a partir das revelações que receberam, mesmo que não tenham ideia nenhuma de para onde esses caminhos vão os levar!

Ficha Técnica
O Dia Mais Claro nº 3
Panini Comics
Junho de 2011
52 páginas
R$ 5,50

Entramos no quinto mês de O Dia Mais Claro no Brasil e fica claro que Geoff Johns e Peter Tomasi não têm mais o que dizer. Apesar do leitor adquirir total simpatia pelo novo Desafiador (agora vivo, vale dizer), está estampado nas páginas da revista que há um objetivo para esta série, mas ele é tão fácil de se chegar que a dupla roteirista precisa inventar e reinventar coisas para dar algum volume. Obviamente a tentativa fracassa e a minissérie vai piorando a cada edição.

Ivan Reis, Ardian Syaf, Patrick Gleason, Scott Clark e Joe Prado formam um dos times artísticos mais perfeitos de toda a história da DC Comics e é triste ver como narrativa e arte destoam completamente a esta altura do campeonato. Pior ainda é perceber que não chegamos nem na metade do “evento auto contido” ainda. Mas vamos às edições do mix da Panini para entender melhor o que está acontecendo.

Brightest Day #7
Título: O Segredo da Vida
Roteiro: Geoff Johns, Peter Tomasi
Arte: Ivan Reis, Ardian Syaf, Patrick Gleason, Scott Clark, Joe Prado
Arte-Final: Vicente Cifuentes, David Beatty, Mark Irwin
Cores: Peter Steigerwald
Página dupla da Lanterna Branca: Francis Manapul, Mark Bagley, Mike Mayhew, Aaron Lopresti, Ivan Reis, Joe Prado, Matt Ryan
Capa: David Finch
Capa Variate: Ryan Sook, Joel Gomez, Randy Major

Começamos a sétima edição da minissérie com o Desafiador numa lanchonete com Rapina e Columba, comendo um x-burguer pela primeira vez em décadas. O trio discute a vida e a bateria branca, até que todos são atingidos pelos raios brancos, bem como todos os outros ressuscitados, e então a cada um é dada a missão que fará todos provarem que merecem estar vivos. As missões são:

  • Desafiador: “É necessário escolher um substituto”;

  • Caçador de Marte: “Queime tudo”;

  • Nuclear: “Ronald Raymond, você precisa estudar. Jason Rusch, você precisa tirar o nariz dos livros”;

  • Gavião Negro: “Não os deixe sair desse mundo. Detenha a Rainha”;

  • Mulher-Gavião: “Se o seu amor morrer aqui, não haverá mais ressurreições. Salve-o de Hath-Set”;

  • Aquaman: “Procure-o. Encontre-o primeiro. Antes de todos”;

  • Capitão Bumerangue: “Arremesse o bumerangue”;

  • Jade: “Equilibre a escuridão. Seu irmão salvará seus amigos”;

  • Osíris: “Libere a deusa da natureza. Ajude sua irmã. Liberte Ísis”;

  • Maxwell Lord: “Magog mergulhará este mundo em guerra. Impeça-o antes que comece”;

  • Eobard Thawne (Flash Reverso): “Você permitiu que o Flash escapasse da Força de Aceleração. Missão cumprida. Vida restaurada.”

  • Rapina: “Pegue o bumerangue.”

Estranho, não? É claro que tudo fará mais sentido com o decorrer orgânico da narrativa, mas deve-se notar a simplificação, ou até leveza exagerada das mensagens, fazendo com que simplesmente não desenvolvamos nenhum interesse por ela. O que era pra ser o grande mistério da série se torna só mais uma coisa, ou até uma desculpa para que ela seja empurrada por mais oito meses. A única coisa que fica clara (e é até justo que funcione assim) é o fato da vida ser imparcial com o bem e o mal, dando chances a todos os tipos de pessoas. Nada mais natural.

Infelizmente O Dia Mais Claro já começa a ficar na mesma categoria que A Noite Mais Densa ficou: arte maravilhosa para um roteiro mequetrefe. Para uma história que se chama “O Segredo da Vida”, este capítulo mal consegue falar sobre a vida, e fala menos ainda sobre seu significado.

Nota: 5/10

Brightest Day #8
Título: Desafio
Roteiro: Geoff Johns, Peter Tomasi
Arte: Patrick Gleason, Ivan Reis, Ardian Syaf
Arte-Final: Vicente Cifuentes, Rebecca Buchman, Mark Irwin
Cores: Peter Steigerwald, John Starr
Capa: David Finch
Capa Variate: Ryan Sook, Joel Gomez, Randy Major

Começamos este novo capítulo com um foco no Caçador de Marte e suas descobertas. O marciano entra em contato com a Miss Marte e ambos comentam sobre a vilã que vem matando a torto e a direito na Terra: uma marciana verde sobrevivente, da qual ninguém tenha conhecimento. Só vemos a dupla novamente ao final da revista, quando J’onn decide ir para a recém surgida Floresta de Star City entender algumas coisas sobre este novo universo pós Noite mais Densa.

Fora isso o foco é total no casal de gaviões. O Gavião Negro é aceito como um profeta entre o grupo de animais humanoides do novo Mundo Gavião e ele é escolhido por seus novos amigos para ajudá-los numa missão contra a cruel rainha escravizadora deste planeta (fazendo jus à profecia lanterna branca acima citada). A Mulher-Gavião também se faz presente, e ela está capturada. Sua captura serve apenas para mostrar que a famigerada rainha é sua própria mãe, viva, sendo parceira de Hath-Set. Alguém já viu este filme antes?

Basicamente chegamos num ponto em que Tomasi e Johns não têm o que contar para uma série que, obrigatoriamente, precisa durar 24 edições. Sendo assim a coisa vai se enrolando com clichês mal utilizados e acontecimentos que são retrocedidos logo em seguida. O Dia Mais Claro está passando de uma boa premissa para um desperdício.

Nota: 5/10

[HQView] O Dia Mais Claro nº 3
[HQView] O Dia Mais Claro nº 2

[HQView] O Dia Mais Claro nº 1
[HQView] O Dia Mais Claro nº 0

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Secured By miniOrange