Spawn: Uma aula de como trazer HQs ao Brasil

Sendo conhecido do Juliano Theis há alguns anos – e tendo vendido um monte de muamba pra esse safado – posso dizer que não há fã mais lunático por Spawn do que este cara. É óbvio que o grande ícone da Image não tem nada a ver com a temática de nosso site, mas a iniciativa do Juliano e do Spawn Alley forma um feito inédito no Brasil e certamente deve servir de exemplo pra nós.

Levando-se em conta que Spawn não dá as caras em nosso país há quase três anos, o Spawn Alley e a comunidade do herói no Orkut começaram uma campanha para que alguma editora nacional volte a trazer o anti-herói do Inferno para nossas bancas, independente do formato do material.

A Pixel foi a última editora que trouxe Spawn regularmente ao Brasil e desde então, nada. Lá fora a revista já está em seu 202º número. Nosso país é um dos grandes consumidores deste personagem portanto é muito estranho que nada esteja saindo por aqui.

Com este feito do pessoal é natural que aprendamos algo: nós podemos trazer coisas bacanas pra cá, basta mobilização. Aqui no Multiverso DC já chamamos a atenção da Panini mais de uma vez com mobilizações seja por causa do Homem-Animal ou devido a discussão política gerada numa revista do Batman. Será que conseguiremos trazer REBELS pra cá? Alô, Panini, nós queremos consumir! =D

Visite aqui o Spawn Alley e participe você também!

66 Comentários

Clique para comentar

10 + 14 =

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com