Warren Ellis e outros criadores falam sobre fim da Wildstorm

Alguns artistas que trabalharm com a Wildstorm foram procurados pelo site Newsarama a respeito de suas opiniões sobre o ocorrido com o selo, anunciado ontem em todas as mídias especializadas.

Warren Ellis:
Bem, o Authroity de fato pertence à DC. Portanto, eles podem fazer o que quiserem com o Authority. E aparentemente houve reviravoltas editoriais suficientes para que o conceito deles não fosse odiado pelo escritório de Nova York como era em 1999.

Não acho que haja algo errado com colocar uma ideia pra descansar. Voltemos dez anos pra trás, quando havia algo de novo a ser dito sobre o sub-gênero e tínhamos uma empresa interessada em publicações autorais. Honestamente, quando “todos” os super-heróis dos quadrinhos estão prestes a arrancar pedaços das pessoas e a jogar gatos mortos uns nos outros fingindo serem heróis, o Authority como foi originalmente executado não traz mais nada de diferente, certo?

Dito isso, as coisas do Universo Wildstorm formavam um robusto conjunto de ativos autorais neste meio e cessar a publicação deles e integrá-los ao Universo DC (se é isso mesmo que vai acontecer) faz menos sentido que eliminar a parte faminta do departamento editorial deles, chutar os desncessários e fazer a cirurgia necessária para que eles passem a ganhar dinheiro de novo.

Desejo a todos da Wildstorm muita sorte.

Cully Hamner:
Estou um pouco pensativo à respeito disso, com certza. Desenhei muitas das coisas da minha carreira por lá. Ainda tenho muitos bons amigos que estão lá, portanto fico triste em saber disso. Por outro lado, não está claro ainda quais são as ramificações disso. Pelo que entendi do anúncio, o nome Wildstorm vai embora, mas os personagens continuam. Além disso, eles vão cuidar de material licenciado, coisas para crianças, DC Digital e tal, e espero que o pessoal atual saiba cuidar disso. Portanto, acredito que seja uma transição e não um fim. Seja como for, desejo o melhor a todos por lá.

Ed Brubaker:
Já que não sei detalhes sobre isso, tudo que posso dizer é que sempre serei grato a Jim Lee e Scott Dunbier por me convidarem para a Wildstorm naquela época. Senão eles, a Sean Philips. Não fosse por eles, minha carreira seria bem diferente, o que significa muito pior. Jim e Scott mantiveram Sleeper saindo quando qualquer outra pessoa teria cancelado, e fomos capazes de fazer algo realmente especial. Nunca vou esquecer aquilo. Este é o tipo de lugar que a Wildstorm era.

Quando a universos, parece que os leitores de super-heróis só se importam com Marvel ou DC, portanto não é uma grande surpresa. Wildstorm nunca foi sobre este tipo de coisa. Em seu melhor era sobre Danger Girl, Planetary e Ex-Machina. É por isso que ela será lembrada.

Gail Simone:
Eu adorei trabalhar com o Universo Wildstorm. É um ambiente criativo fantástico e algumas das melhores pessoas dos quadrinhos passaram por lá. Minha atual série Welcome to Tranquility está terminada, escrita, desenhada, e tudo mais, portanto posso garantir que as edições sairão como planejado. Enquanto eu adoro o selo WS, me pergunto se a separação ainda era justificável. Não sei qual é o plano completo, mas mas se isso significa que vou poder escrever Gen13 novamente, pra mim está ótimo.

Scott Beatty:
Acho que minha resposta a isso é como a de qualquer outro criador: como isto ME afeta? Tenho muita admiração por eles, especialmente porque passei dois anos da minha vida escrevendo lá e montando este novo status quo em que eles estão, uma coisa pós-apocalíptica feita em conjunto com Ben Abernathy, Christos Gage, Chris Sprouse e tantos outros talentosos artistas. Sinceramente espero que Jim lee, Geoff Johns e Dan DiDio deem uma boa olhada no que criamos e no potencial que isso tem para a Terra-50. Aliás, levando-se em conta a situação do Multiverso depois de 52, era inevitável que isso acontecesse. Acredito que todo o catálogo de personagens do UWS encontraram uma casa confortável e terão um bom sucesso com a DC, assim como aconteceu com a Quality, Fawcett e a Charlton. Obrigado a Jim, Hank Kanalz, Ben Abernathy, Scott Peterson e todo o resto do pessoal.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com