FIQ: Dia 3 – Entrevista Exclusiva com Eddie Berganza

Ter entrevistado o editor sênior da DC, Eddie Berganza, foi realmente um prazer, pois pudemos perceber não apenas o bom contato que ele tem com os fãs da editora, mas também que é uma pessoa extremamente receptiva, que se importa em estar perto de todo mundo e, mais importante, está sempre de muito bom humor pra responder as nossas perguntas.

eddie-berganza-brasil

O bate-papo foi curto mas foi extremamente agradável, e foi realizado numa parceria entre o Multiverso DC, nosso amigo Delfin e o Papo de Artista. Aqui, vocês poderão ler na íntegra todo o papo e, em breve, poderão ouvi-lo em forma de podcast lá no PdA. O mais engraçado de tudo é que ele entendia um monte de coisas em português e tirou um sarro nervoso da nossa confusão =D

Eddie, para os que não te conhecem tão bem, faça uma breve introdução de sua vida como editor da DC Comics.

Eu venho de um outro planeta muito distante chamado Guatemala, e trabalhava apenas como estagiário dentro da editora, na sala de recebimento de cartas. Mais tarde, as pessoas perceberam que eu era um pouquinho esperto (risos). Acabei sendo promovido a editor assistente e comecei a trabalhar em coisas um pouco maiores então, como o Universo Tangente. Um dia perceberam que eu podia fazer mais e me perguntaram se eu podia fazer algo mais importante. “Como o quê?”, perguntei. “Superman”, me disseram! (Risos). Trabalhei com a saga Nossos Mundos em Guerra e desde então fui pegando eventos maiores. Acabei fazendo Crise Infinita com Geoff Johns, Crise Final com Grant Morrison e, agora, Blackest Night, com Johns novamente. Ah sim, fui o editor responsável por matar o Batman! (gargalhadas).

Como foi poder trabalhar de volta às pranchetas em Wednesday Comics? [Nota: Eddie Berganza escreveu Novos Titãs nas tirinhas]

Foi realmente muito bom. Quando Mark Chiarello começou com a idéia, ninguém sabia o que diabos seria, muito menos a repercussão que teria. Também não tinha a menor idéia que gente como Neil Gaiman estaria escrevendo! (Risos). Gosto muito dos Titãs e foi divertido poder trabalhar com uma coisa tão icônica e, quando percebi o quanto este projeto seria bom, resolvi colocar o Exterminador ali. Quando se escreve, você consegue entender como é difícil colocar idéias num pedaço de papel, e pude começar a entender como é a vida dos meus escritores e prestei muito mais atenção nestes detalhes e a dificuldade de todo mundo em fazer bons trabalhos dentro dos prazos.

wednesday-comcis-teen-titans

E você tem a intenção de continuar escrevendo?

Sim. Foi bom demais, e eu estou preparando algumas coisas bem legais para o ano que vem, o que também me permite me aprimorar como escritor.

A sua posição na DC Comics lhe dá liberdade para escolher projetos ou você deve repassar tudo a Dan DiDio antes?

Minha relação com ele é muito boa. Prova disso é que posso vir aqui para o Brasil sem a menor preocupação para ver o feedback das pessoas, encontrar novos talentos e tudo mais. Me deram uma liberdade ótima e a melhor coisa de Dan é que ele tem essa confiança em mim, suficiente para que eu possa trabalhar do meu jeito.

eddie-berganza-supermanJá que falamos de estrutura e edição, como vocês enxergam essa restruturação da DC como a DC Entertainment?

Pra falar a verdade, até agora não mudou nada no que nós estávamos fazendo. Blackest Night continua do jeito que planejávamos e nosso dia-a-dia é o de sempre. De muitas formas, este está sendo o melhor ano em vendas para a DC, o que é excelente.

Voltando a Wednesday Comics, há uma chance de termos uma “segunda temporada”?

Olha, ela foi muito bem recebida, então, se Mark (Chiarello) topar, é bem provável que aconteça sim. Eu gostaria muito de participar, mas há tantos talentos novos e antigos aí fora que provavelmente eu não escreverei nada para este projeto especificamente.

Você gostou de matar o Batman?

Amei! (Gargalhadas). Todo mundo sabe que existe um Batman por aí, então só posso pedir que todos fiquem ligados no que virá à seguir. Prestem atenção na Liga da Justiça. Ah sim, e foi legal que também pude dar um amigo para o Mão Negra poder conversar (gargalhadas).

A relação de Dick e Damian ficou bem legal. Você acha que agora as pessoas vão aceitar 100% a volta de Bruce Wayne?

Esta é a grande coisa dos quadrinhos. Quando matamos Bruce Wayne todo mundo chiou e reclamou, pediram minha cabeça e tudo mais. E agora, a coisa deu tão certo, que quando começam os rumores da volta de Bruce todo mundo fala “ah, sério?”.

Como um fã da DC, é muito bom ver um ponto de vista diferente com Dick e Damian agora como Batman e Robin, portanto, se posso lhe pedir isso, não traga Bruce Wayne de volta! Todos estão fazendo um trabalho tão bom, que a coisa deveria continuar.

[Depois de um tempo dando uma risada do fanboy aqui, ele disse:] Só posso pedir para que todos fiquem antenados. Pessoalmente, pra mim é muito satisfatório ver o que aconteceu com Dick, pois sou fã dos Titãs há tempos e praticamente vi as mudanças pelas quais ele passou. Então nesse ponto, talvez as coisas continuem. Vamos ver, e fiquem de olho.

Você ouve reclamações de fãs sobre o excesso de eventos?

Todos os fãs reclamam, mas toda vez que fazemos um evento, eles vendem muito bem, então o que fazemos e trabalhar para que todos os eventos tenham importância e sejam únicos para nossos leitores.

O boateiro Rich Johnston comentou que Grant Morrison vai cuidar de Batman, Superman e Mulher-Maravilha ano que vem. É verdade?

Olha, se vocês prestarem bastante atenção, vão perceber que a Trindade está aí, então não tem muito o que falar sobre isso. Existe um Batman, um Superman e uma Mulher-Maravilha. [Nota: que desconversada! Acho que isso confirmou tudo.]

O sucesso de Blackest Night permitirá que mais histórias derivadas e uma espécie de continuação ocorram?

Se você prestar atenção, a DC tem linhas dedicadas, como a linha do Superman, do Batman etc. Então, só posso falar que 2010 será um ano gigante para todos.

Eddie, esta é sua segunda vez no Brasil. Você está gostando?

Claro, tem sido ótimo. Aliás, só tem brasileiros aqui, você quer que eu fale o quê, que odeio todo mundo? (Gargalhadas).

Agora vamos faze rum bate-bola bem rápido aqui.

Hal Jordan.

Geoff Johns.

Flash.

Geoff Johns. (Gargalhadas)

Wonder Woman.

Alguém mais…

Don Hall

Geoff Johns. (Gargalhadas)

Nekron.

Ih, é o Geoff Johns de novo (risos).

Geoff Johns.

Nekron! (Risos)

Grant Morrison.

Brilhante, o assassino do Batman!

James Robinson.

O Senhor Liga da Justiça.

Multiverso?

Grant Morrison.

Existe um “megaverso”?

O que é isso, um episódio de Family Guy? (Risos).

Sociedade da Justiça.

Sociedade da Justiça dos Lanternas Negros.

Superboy-Primordial?

Ele está nos observando, e eu tô morrendo de medo! (Risos).

Ao final, agradecemos muito a Eddie por sua atenção e a Joe Prado por ter nos ajudado no contato com ele.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com