Crise Final: Sol Nascente, o herói japonês

sol-nascenteO personagem foi criado em 1977 por E. Nelson Bridwell e Ramona Fradon, para a revista Superfriends #8. Izumi Yasunari é um físico solar japonês que participou durante anos dos Guardiões Globais. O herói foi o fundador da Ação Ciência, grupo de heróis japoneses equivalente à Liga da Justiça, que se uniram para derrotar Ultimon. Seus poderes consistem na absorção do calor do sol para emitir ondas de calor e fogo do corpo, podendo também manipular campos eletromagnéticos e gravitacionais, lhe permitindo voar.

Sua primeira missão conhecida foi ajudar o Eléktron a desmantelar uma bomba no Japão. Mais tarde, ele chega a auxiliar gente do calibre do Robin e Superman, tanto em missões solo como em parceria com os Guardiões Globais. O herói oriental pode ser visto também na Crise nas Infinitas Terras para ajudar a salvar o Japão em meio a um momento tão conturbado.

O personagem pode ser visto em momentos da Liga da Justiça Internacional também, provavelmente nas histórias em que ele ficou mais conhecido como um personagem da DC. Mais tarde ele viria a reformular os Guardiões Globais.

Crise Infinita

O personagem chegou a aparecer na Crise Infinita. Ele a Dra. Luz estavam tentando proteger as pessoas de Tóquio de vários desastres naturais.

Os Guardiões Globais – (texto retirado de http://ideiasavancadas.com.br/guardioes-globais)

Na década de 50 surgiu o primeiro grupo de heróis globais: o Clube dos Heróis. A equipe era formada pelo italiano Legionário, o inglês Cavaleiro e seu parceiro Escudeiro o argentino Gaúcho (em sua primeira aparição, não ficava claro se era argentino ou um habitante dos pampas brasileiros), o francês Mosqueteiro e o sueco Alado.

461975-10368_400x600_super

Convencidos da potencial ameaça dos vilões superpoderosos, diversas nações não-comunistas assinaram um tratado criando uma organização supranacional chamada Domo, estabelecida em uma mansão de Paris. Após sua fundação oficial, os membros dos Guardiões Globais incluíam o africano Dr. Névoa, o venezuelano Surucucu, a inglesa Godiva, a brasileira Flama Verde/Fogo, as norueguesas Gelo e Dama de Gelo, o sul-africano Impala, o irlandês Fogo Fátuo, a dinamarquesa Sereia, o grego Olimpiano, a americana Mulher-Coruja, o japonês Sol Nascente, o israelense Seraph, o australiano Demônio da Tasmânia, o tailandês Lorde Trovão, o neozelandês Tuatara, o alemão Caçador Selvagem, o africano Fera Buana e a francesa Flor-de-Lis.

Eles trabalharam bem durante um tempo, mesmo não fazendo tanto sucesso como as equipes combatentes do crime americanas. Até que em um certo momento o Doutor Névoa desapareceu e Belphegor assumiu a direção do Domo, antes das Nações Unidas cortar os fundos da instituição para criar um novo canal de recursos para recém formada Liga da Justiça Internacional. Desde então, os Guardiões e outros heróis internacionais têm se unido para ajudar a proteger a Terra. A reputação da equipe oscilou muito durante um período, só piorando mesmo quando alguns membros da equipe foram transformados em zumbis pessoais da Abelha Rainha, na Bialya. Atualmente, o Domo dos Guardiões Globais está localizado em uma ilha do Oceano Pacífico.

global_guardians_super_super

Membros Atuais:

  • – Fera Liberdade (África do Sul)
  • – Brilho (China)
  • – Jet (Jamaica)
  • – Manticore (Japão)
  • – Raposa Escarlate III (França)
  • – Sandstorm
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com