Spoiler: Leonardi fala sobre Vigilante

O novo Vigilante fez sua estréia meses atrás, na série Nightwing, e agora, seu criador Marv Wolfman se une ao artista Rick Leonardi numa nova série para o personagem.

 

 O artista é bem conhecido no meio dos quadrinhos, principalmente por seu trabalho em Spider-Man 2099 e Cloak & Dagger. Ele também foi o co-criador do uniforme negro do Homem-Aranha. Para a DC, Leonardi trabalhou com Superman, Nightwing, JLA Cassified e Batgirl. 

Vigilante #01 estréia no dia 24 de Dezembro, mas Leonardi assumiu o lápis na edição #02. Confiram o que o artista disse ao site Newsarama.


Newsarama:
Pelo que parece, a nova série do Vigilante não é uma típica série de super-heróis, mas sim algo bem urbano e sujo. Como você descreveria a forma que você vem desenhando a série?

Rick Leonardi: Especificamente, a série envolve cenas bem dramáticas e fortes e muitos contrastes entre o branco e o preto. Isto coloca uma certa pressão para o arte-finalista trabalhar com as sombras para definir bem a cena. Felizmente, John Stanisci parece bem confortável com este estilo…

NRAMA: Quando você está desenhando um faroeste, você acaba desenhando vários cavalos, por exemplo. Com super-heróis há muitas explosões e vôos. Como você classificaria o estilo do Vigilante?

RL: Eu gostaria de definir este estilo com o tempo. Eu adoro o “V” vermelho em contraste com o negro. Seu mundo deveria ser um local onde os heróis da DC pudessem visitar, mas rapidamente.

NRAMA: Depois de um bom tempo, esta é sua primeira vez numa nova série, Rick. O que o leva a escolher no que você vai trabalhar?

RL: A oportunidade de lançar um novo personagem é sempre atrativo e, no caso do Vigilante, temos dois bônus: Marv Wolfman, aquele que tem créditos desde o período Cretáceo, e ao universo do Batman, que fornece grande suporte de personagens secundários.

 NRAMA: Você e Wolfman são veteranos nos quadrinhos e me lembrei que vocês já trabalharam juntos, brevemente, em New Teen Titans #22, em 1986. Você se lembra dessa experiência?

RL: Se é o que estou pensando, foi durante o arco da Koriander/Komander, onde Marv trabalhou com narrativas simultâneas de cima em baixo, contando a estória através da visão das duas irmãs. Isso foi décadas antes de Jack Bauer e 24. Naquele tempo, eu tinha certeza de que não funcionaria…

NRAMA:
Você lê quadrinhos fora de seu trabalho?

RL: Alguns. Se for de Mike Mignola, conte comigo!

NRAMA: Como você inicia seu trabalho ao receber o roteiro?

RL: Inicialmente, leio algumas vezes, procurando por possíveis dúvidas de um aldo e de grandes cenas de outro.

NRAMA:
Você tem um estilo bem dinâmico. Em que você pensa para processar toda essa cinética?

RL: Cenas de luta funcionam melhor quando a coreografia se interage com o lugar. Uma luta sobre um trem funciona diferentemente de outra dentro de uma cabine de um barco. Também devemos considerar o estilo do personagem. A característica da luta de Batman, por exemplo, é fria, metódica; Asa Noturna, por sua vez, luta com destreza; Já o Vigilante é impiedoso.

1 Comentário

Clique para comentar

10 + três =

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com